Imagem da matéria: Maduro Anuncia Sucesso de Venda da Petro e Notícia Repercute Negativamente

Em meio à repercussão do anúncio do presidente da Venezuela Nicolás Maduro sobre o sucesso na pré-venda da criptomoeda Petro, onde ele afirma que já tem promessas de compras de US$ 735 milhões, surgem especulações e boatos de que Maduro está blefando.

Alguns canais de comunicação, como o respeitado site Ars Technica, publicou uma matéria exclusiva abordando essa suposta farsa, isso porque, segundo informações do jornalista Timothy B. Lee, o governo venezuelano não ofereceu nenhuma transparência dessas negociações, o que impede informações verídicas.

Publicidade

O jornalista também fala sobre a desordem que está sendo esse projeto:

“A pré-venda foi uma bagunça, foi muito desorganizada. Detalhes técnicos com elaboração ainda em curso após as vendas já terem começadas? A própria rede de petroleiros ainda não foi lançada, e o governo ainda não deixou claro como isso vai funcionar”, escreveu B. Lee.

Já o conceituado site britânico Express evidenciou o assunto justamente para alertar os investidores interessados na criptomoeda, e principalmente os americanos, que o comprador pode estar violando as sanções impostas pelos Estados Unidos que proíbem a compra (ou parte) da dívida venezuelana.

“A Petro parece ser uma extensão do crédito ao governo venezuelano e poderia, portanto, expor as pessoas dos Estados Unidos ao risco legal. Acredito que este projeto de criptomoeda é mais uma tentativa de sustentar o regime de Maduro, ao mesmo tempo em que se dissolvem os recursos da população venezuelana”, disse o porta-voz do Tesouro Nacional, na mesma reportagem.

Apesar de muitas notícias negativas, há pessoas otimistas que procuram esquecer boatos e refletem sobre outro “carma” das criptomoedas, a regulamentação, como raciocinou Matthew Newton, analista da ‘etoro’: “Se a Petro prosseguir e o governo venezuelano obtiver sucesso, pode despertar o interesse de outros países fazerem o mesmo, e talvez gere uma possível erradicação das barreiras que impedem a regulamentação das criptomoedas em nível mundial”.

Publicidade

A Venezuela espera vender 82 milhões de Petros em um processo nessa fase de pré-venda do ICO o qual começou oficialmente na última terça-feira (20), gerando sentimento de sucesso para uns e de incertezas para outros. E não para por aí, Maduro pretende lançar outro ICO, o ‘Petro Gold’:

“Na próxima semana vou lançar o ‘Petro Gold’, apoiado pelo ouro, que é ainda mais poderoso e que fortalecerá o Petro”, disse Maduro em um discurso televisionado.

Leia Também: Multimilionário Projeta Resort no Caribe Gerido em Bitcoin Cash

VOCÊ PODE GOSTAR
Edificio do BCE

Manhã Cripto: Bitcoin segue alta e busca máxima histórica com corte de juros na Europa

Banco Central Europeu (BCE) reduziu 25 pontos percentuais de cada uma das suas três principais taxas de juros
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Deputados pressionam Biden para trazer de volta aos EUA executivo da Binance detido na Nigéria

Em carta ao executivo, os deputados alegam que Tigran Gambaryan está na condição de refém do governo da Nigéria e corre risco de morrer de malária
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

O que faria os americanos comprarem mais Bitcoin? Regulamentações mais claras, afirma pesquisa

Pesquisa da Grayscale mostra que 44% dos eleitores dos EUA que não possuem criptos dizem que estão “esperando regulamentações adicionais”
Changpeng "CZ" Zhao, CEO da Binance

Fundador da Binance, Changpeng Zhao começa a cumprir pena nos EUA

Changpeng “CZ” Zhao foi condenado a 4 meses de prisão por não implementar medidas de prevenção à lavagem de dinheiro na corretora