Imagem da matéria: KuCoin faz acordo para pagar US$ 22 milhões e encerrar processo em Nova York
(Foto: Shutterstock)

A exchange de criptomoedas KuCoin fez um acordo para pagar US$ 22 milhões em multas e proibir o acesso para usuários no estado de Nova York, segundo documentos judiciais apresentados nesta terça-feira (12) pela Suprema Corte do Estado do Condado de Nova York.

A KuCoin reembolsará US$ 16,77 milhões aos clientes de Nova York e pagará US$ 5,3 milhões à Procuradoria-Geral do Estado de Nova York para encerrar as acusações de violação de leis ao oferecer sem registro tokens – incluindo Ether (ETH) – que são definidos como valores mobiliários.

Publicidade

A procuradora-geral do Estado de Nova York, Letitia James, entrou com a ação em março, sendo a primeira vez que um regulador alegou em tribunal que o Ether era um valor mobiliário.

“Quero atualizar todos vocês sobre nossa última ação de conformidade. Kucoin chegou a um acordo com a Procuradoria Geral de Nova York (NYAG), solidificando nosso compromisso com operações de conformidade”, disse o CEO da KuCon, Johnny Lyu, em um tuíte.

A KuCoin precisará encerrar o acesso aos seus serviços e fechar contas relevantes para usuários de Nova York em no máximo 120 dias após a data efetiva do pedido, afirma o documento.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Diretor da Binance no Brasil faz reunião com Banco Central para tratar sobre “supervisão”

Diretor da Binance no Brasil faz reunião com Banco Central para tratar sobre “supervisão”

Sobrinho do Ministro da Economia, Guilherme Haddad Nazar irá se encontrar o diretor de fiscalização e a diretora de supervisão de conduta do BC
Imagem da matéria: MicroStrategy anuncia desdobramento de ações após acumular US$ 13 bilhões em Bitcoin

MicroStrategy anuncia desdobramento de ações após acumular US$ 13 bilhões em Bitcoin

A empresa de software MicroStrategy, do defensor do Bitcoin Michael Saylor, dividirá suas ações depois que o preço mais do que triplicou no ano passado
Imagem da matéria: MB lança token de crédito corporativo de R$ 10 milhões para a Rappi Brasil

MB lança token de crédito corporativo de R$ 10 milhões para a Rappi Brasil

Com aportes a partir de R$ 100 e ganho estimado de 15% a.a., ativo é opção de renda fixa digital de curto prazo
Imagem da matéria: Projeto irá ensinar blockchain e criptomoedas para povo indígena Paiter-Suruí

Projeto irá ensinar blockchain e criptomoedas para povo indígena Paiter-Suruí

Um projeto na Aldeia Gamir, na Floresta Amazônica, tem como objetivo promover a alfabetização digital de indígenas da etnia Paiter-Suruí