Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)
Shutterstock

Kraken, uma das corretoras de criptomoedas mais utilizadas no mundo, anunciou nesta quinta-feira (31) que vai integrar a Lightning Network do Bitcoin à sua plataforma.

A partir de agora, os clientes da exchange poderão fazer saques e depósitos nas suas contas de forma mais rápida e barata por meio da Lightning Network, uma solução de segunda camada do bitcoin.

Publicidade

A rede Lightning é uma solução de escalabilidade construída em cima do bitcoin que permite aos usuários enviar e receber BTC em canais de pagamentos que operam de maneira paralela à blockchain da criptomoeda.

Dessa forma, as transações na Lightning passam por uma segunda camada antes de serem compiladas e enviadas à rede principal. A solução, portanto, torna as transações instantâneas e praticamente gratuitas, já que as taxas são ínfimas.

Como a Lightning é uma solução focada em transações de pequenos valores, a Kraken estabeleceu um limite de 0,1 BTC (cerca de R$ 21,8 mil) para saques e depósitos feitos por meio do novo serviço. 

“A adoção virá de pessoas que têm moeda fiduciária em sua conta bancária e precisam colocá-la em bitcoin. A Kraken está fornecendo um excelente local para fazerem isso e então, as pessoas poderão recarregar sua carteira móvel Lightning e usá-la como meio de troca. Esse é claramente o próximo passo em termos de evolução do bitcoin”, afirmou Pierre Rochard, gerente de produtos da Kraken, ao Bitcoin Magazine

Publicidade

Kraken terá seu próprio node Lightning

A corretora também informou ao veículo que vai rodar o seu próprio node Lightning, ou seja, vai abrir canais de pagamento com outros nodes na rede e garantir a segurança das transações que passar pelos canais que estabelecer.

Para fazer isso, a Kraken vai usar a implementação de node da Lightning Labs, chamada  Lightning Network Daemon (LND). “Eles têm a maior base de usuários e temos muitas pessoas na rede que têm muita experiência com LND. Por isso, provou ser fácil de usar e muito confiável também”, concluiu Rochard à Bitcoin Magazine.

Além da Kraken, outras corretoras também já integraram a Lightning em suas plataformas para simplificar as transações de bitcoin dos usuários, como a Bitfinex e a brasileira Biscoint.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
Mão segurando celular com o logo da carteira de criptomoedas MetaMask

MetaMask lança sistema para acabar com prática que drena dinheiro dos usuários do Ethereum

Smart Transactions busca fazer com que clientes sejam protegidos da prática de máximo valor extraível na blockchain Ethereum
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você
Imagem da matéria: EUA acusam  2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

EUA acusam 2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

O Departamento de Justiça acusou Daren Li e Yicheng Zhang de orquestrar um esquema com criptomoedas de “abate de porcos”