Imagem da matéria: Justiça da Coreia do Sul condena à prisão líderes de pirâmide financeira que causou prejuízos de US$ 2 bi
(Foto: Shutterstock)

O Tribunal de Justiça de Suwon, na Coreia do Sul, condenou na última sexta-feira (11) sete executivos de uma empresa chamada V Global que oferecia ganhos com criptomoedas, causando um prejuízo de cerca de US$ 1,9 bilhão aos seus clientes. O CEO da empresa, Lee Byung-gul, foi sentenciado a 22 anos de prisão e ainda terá que pagar uma multa de cerca de US$ 88 milhões.

Outros seis executivos receberam sentenças que vão de quatro a 14 anos de prisão e multas que podem alcançar o mesmo valor de Lee. O mentor do golpe também teve 10 bilhões de won (cerca de US$ 8,3 milhões) sequestrados de sua conta bancária, segundo informações do Forkast.

Publicidade

De acordo com o site, a V Global aceitava apenas usuários que pudessem realizar depósitos acima de 6 milhões de won, o que dá aproximadamente US$ 5 mil. A promessa era triplicar esse valor em sua criptomoeda nativa ‘V Cash’. A empresa pagava comissão a seus clientes caso eles trouxessem novos investidores.

De acordo com a Justiça, a V Global fraudou mais de 50.000 investidores, alguns dos quais perderam seus fundos de aposentadoria. Houve quem recebesse o retorno prometido, no entanto, vindos da receita de novos associados, prática comum em golpe de pirâmide financeira.

“A maioria das vítimas eram cidadãos de meia-idade ou idosos que sonhavam com uma vida estável após a aposentadoria”, disse ao Forkast o advogado Han Sang-jun, que representa um grupo de investidores. Segundo ele, pelo menos uma das vítimas tirou a própria vida depois de ser enganada.

Ainda conforme o Forkast, em janeiro, a promotoria sul-coreana chegou a pedir a prisão perpétua dos responsáveis pela empresa.

VOCÊ PODE GOSTAR
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senadores do Paraguai querem pausar toda atividade ligada ao Bitcoin; entenda

Projeto de lei quer que atividades como mineração, compra e venda de Bitcoin sejam suspensas por 180 dias
Imagem da matéria: Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Diferente do que aconteceu antes do halving de 2020, desta vez os mineradores aproveitaram a recente disparada do Bitcoin para vender parte de suas reservas
Moeda de Tether (USDT) sob superfície lisa

Tether anuncia reorganização para ir além de sua stablecoin e cria quatro divisões

Mudança em sua estrutura visa ampliar o fornecimento de soluções de infraestrutura focadas na inclusão