Imagem da matéria: Jupiter revela mais três tokens que planeja lançar na Solana
Imagem criada por Decrypt usando IA

Depois de lançar um token nativo e uma memecoin independente, o agregador de exchanges descentralizadas (DEX) baseado em Solana, Jupiter, anunciou na quarta-feira (7) que poderá lançar pelo menos três outros tokens por meio de sua plataforma em um futuro próximo.

Em um post curiosamente extenso no X, Meow, um dos fundadores da Jupiter, destacou três projetos “OG” em Solana que buscam lançar seus próprios tokens com ajuda da plataforma de lançamentos LFG da Jupiter. 

Publicidade

Esses projetos são: Sanctum, um serviço de staking com liquidez; o Sharky, uma plataforma para empréstimos garantidos por NFTs; e o deBridge, um provedor de infraestrutura para trading de ativos digitais entre redes.

Ao longo das próximas duas semanas, segundo Meow, esses três projetos vão se apresentar para a comunidade Jupiter por meio de reuniões comunitárias e uma variedade de iniciativas de alcance nas redes sociais. Em uma data futura não especificada, a comunidade Jupiter decidirá então — por meio de uma votação com base no token JUP no Jupiter DAO — se permitirá que qualquer um desses projetos lance tokens por meio da plataforma LFG.

Poder da comunidade

Meow enfatizou que o controle sobre esse processo de aprovação estará totalmente nas mãos da comunidade Jupiter e não nas mãos da liderança ou de seu time interno.

“É crucial lembrar que a LFG é uma iniciativa comunitária”, Meow escreveu. “O time NÃO DEVE ter nenhum papel na decisão se um projeto é adequado para ser lançado.”

Publicidade

No entanto, os três projetos escolhidos para esse processo inaugural de verificação do lançamento de tokens parecem ter sido escolhidos a dedo por Meow e pela equipe da Jupiter, e não pelos membros da comunidade Jupiter.

O Decrypt entrou em contato com Meow para obter esclarecimentos sobre esse assunto e para saber se a comunidade Jupiter poderá indicar projetos para lançamentos de tokens no futuro, mas ainda não recebeu uma resposta.

Na semana passada, durante o tão esperado lançamento do token JUP, as tensões aumentaram no setor cripto em relação ao poder exercido pela equipe interna da Jupiter no novo ecossistema do projeto.

Embora o lançamento do JUP tenha sido, em muitos aspectos, um sucesso retumbante, a estreia do token foi prejudicada por críticas de que sua estrutura de alocação beneficiava desproporcionalmente a equipe da Jupiter e constituía uma oferta inicial de token (ICO) implícita.

Publicidade

A controvérsia — que foi rejeitada por Meow — concentrou-se principalmente em um pool de liquidez de lançamento de 250 milhões de JUPs criado pela equipe da Jupiter, que retirou tokens da metade da equipe do suprimento total de 10 bilhões de JUPs.

Hoje, esse pool de liquidez de lançamento foi fechado dentro do prazo, em um processo que parece ter apenas impulsionado o token. O JUP atingiu US$ 0,59 esta manhã, de acordo com o CoinGecko, um salto de 14% em relação a ontem. Desde então, o valor caiu para US$ 0,55, um aumento de 5% em relação ao dia anterior.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

A Solana está em alta – e você pode ganhar mais jogando esses jogos

Quer arrecadar SOL? Esses jogos Solana permitem que você ganhe tokens enquanto joga
Imagem da matéria: Blockchain da Avalanche para de fazer blocos e derruba preço da AVAX

Blockchain da Avalanche para de fazer blocos e derruba preço da AVAX

Avalanche C-Chain, lar da infraestrutura para a maioria dos projetos DeFi em AVAX, ficou mais de três horas sem produzir um novo bloco
Moedas de ether

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) se aproxima de US$ 3 mil; Worldcoin dispara 40% e Revolut testa nova exchange

Com mercado americano fechado por conta de feriado, dia das criptomoedas é sem tendência definida, com o Bitcoin e Ethereum subindo
Imagem da matéria: Detentores do token do Coritiba recebem mais de R$ 1 milhão por venda de jogador

Detentores do token do Coritiba recebem mais de R$ 1 milhão por venda de jogador

Somando a venda de Dodô com as de Matheus Cunha e Rodrigo Guth, os investidores do token do Coritiba já receberam mais de R$ 2 milhões