gato astronauta simbolo da DEX Jupiter
Imagem: Jupiter

O enorme airdrop para reivindicar tokens JUP da Jupiter começou na quarta-feira (31) e impulsionou o volume no agregador de exchanges descentralizadas (DEX) baseado na rede Solana a atingir novos patamares no processo.

De acordo com dados do CoinGecko e da própria Jupiter, a plataforma acumulou mais de US$ 1,2 bilhão em volume diário de negociações nas últimas 24 horas. Isso a coloca em primeiro lugar entre todas as DEX de criptomoedas, superando a líder típica Uniswap V3 do Ethereum com US$ 854 milhões.

Publicidade

A contabilização contínua de 24 horas da Jupiter também parece ser um recorde histórico para o protocolo, que recentemente registrou um aumento na demanda. Outra fonte de dados, o DeFi Llama,  mostra que o recorde de volume de um único dia do calendário da Jupiter está um pouco acima do US$ 1 bilhão, em 14 de dezembro de 2023.

Os traders que entrarem hoje no mercado não receberão nada do airdrop inicial do JUP, que ofereceu 1 bilhão de tokens para os primeiros usuários. A Jupiter fez um levantamento das carteiras cripto elegíveis em novembro e disse que cerca de 955 mil poderiam reivindicar tokens durante o lançamento.

Mas há motivos para ser otimista: a Jupiter alocou outros 3 bilhões de tokens, 30% do fornecimento total, para futuros airdrops para recompensar os usuários mais novos. No entanto, o momento do próximo airdrop ainda não foi anunciado e, em meio ao burburinho do dia da reivindicação e das quantidades consideráveis que estão chegando às carteiras da Solana, os traders estão ansiosos para começar a acumular atividades na plataforma.

A Jupiter abriu a reivindicação às 10h ET (12h no horário de Brasília) e o token começou com um preço de mercado de cerca de US$ 0,42, de acordo com dados do Birdeye. O JUP rapidamente saltou mais de 70% para um preço acima de US$ 0,72, mas desde então se acalmou para um preço atual abaixo de US$ 0,67.

Publicidade

Mesmo com a queda do preço no final da quarta-feira, o token tem uma capitalização de mercado de cerca de US$ 914 milhões com base na oferta circulante atual, e gerou mais de US$ 500 milhões em volume de negociação em menos de nove horas.

Segundo um Painel de dados da Dune que rastreia e analisa dados públicos de blockchains, carteiras elegíveis já reivindicaram cerca de 566 milhões de JUP do 1 bilhão inicialmente alocado para o airdrop. Até a publicação desse artigo, quase 392 mil carteiras únicas já reivindicaram tokens.

A própria SOL caiu cerca de 6% no dia, para o preço atual de cerca de US$ 97, de acordo com o CoinGecko, depois de oscilar para cima e para baixo desde a queda do JUP.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Imagem da matéria: Veja as 5 criptomoedas que mais valorizaram em fevereiro

Veja as 5 criptomoedas que mais valorizaram em fevereiro

Indo muito além do Bitcoin, Ethereum e Solana, cinco criptomoedas subiram mais de 100% em fevereiro; confira o ranking
Popó em entrevista no Flow podcast

Popó comemora prisão de donos da Braiscompany: “Melhor presente de 2024”

O boxeador investiu R$ 1,2 milhão na pirâmide financeira de Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos
Imagem da matéria: Carteira Recomendada do MB Research indica Bitcoin como principal ativo do mês

Carteira Recomendada do MB Research indica Bitcoin como principal ativo do mês

Para a Carteira Conservadora, os analistas do MB Research dividiram 70% em Bitcoin, 23% em Ethereum e 7% em Solana.
Imagem da matéria: El Salvador lucra 40% com investimento em Bitcoin, mas presidente diz que não irá vender

El Salvador lucra 40% com investimento em Bitcoin, mas presidente diz que não irá vender

A estimativa é que El Salvador possua hoje 2.848 bitcoins, cerca de US$ 173 milhões nos preços atuais