Imagem da matéria: Juíza se recusa a julgar criador da FTX por ligação do marido com corretora: "Conflito de interesses"
Foto: Shutterstock

A juíza designada para supervisionar o altamente antecipado julgamento criminal de Sam Bankman-Fried (SBF) decidiu deixar o caso na sexta-feira (23), citando um potencial conflito de interesses decorrente do fato de que o escritório de advocacia de seu marido assessorou anteriormente a FTX, a extinta corretora de criptomoedas de SBF.

A juíza federal Ronnie Abrams, do Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York, retirou-se formalmente do caso na tarde de ontem, apenas um dia depois que Bankman-Fried foi libertado da prisão para ficar com seus pais em Palo Alto, enquanto espera julgamento de oito acusações criminais, incluindo fraude eletrônica, conspiração para cometer lavagem de dinheiro e violações das leis federais de financiamento de campanhas.

Publicidade

O marido de Abrams, Greg D. Andres, é sócio do escritório de advocacia Davis Polk & Wardwell, que assessorou a FTX em 2021, conforme explicou a juíza. Embora o próprio Andres não tenha aconselhado pessoalmente a FTX, ela optou por se retirar do caso “para evitar qualquer conflito possível, ou a aparência de um”.

O pedido também afirmava que a Davis Polk & Wardwell representava anteriormente as partes “que podem ser adversas à FTX e ao réu Bankman-Fried”, embora Andres supostamente também não representasse esses clientes.

Um novo juiz do Distrito Sul de Nova York agora terá que ser selecionado para supervisionar o julgamento de Bankman-Fried. Ainda não há um cronograma de quando essa seleção será feita.

Os juízes em tais circunstâncias são normalmente designados aleatoriamente para os casos e apenas excluídos da consideração se houver um potencial conflito de interesses.

Publicidade

Não está claro por que Abrams esperou até agora para deixar o caso, já que a conexão da empresa de seu marido com a FTX provavelmente não era uma informação nova. Com frequência, os juízes que ponderam se devem se abster de casos discutem tais assuntos com o juiz principal de seu distrito, um comitê de ética e pesquisa de precedentes antes de tomar uma decisão.

SBF espera julgamento na casa dos pais

Durante uma audiência na quinta-feira (22), outro juiz, Gabriel Gorenstein, aprovou um acordo para que Bankman-Fried fosse libertado da prisão sob fiança recorde de US$ 250 milhões.

Na verdade, o executivo não precisou pagar um centavo para garantir sua libertação: esse dinheiro só é devido ao tribunal (por Sam, seus pais e outro signatário ainda não nomeado) se ele não comparecer no tribunal quando solicitado no futuro.

Enquanto isso, o ex-bilionário, que passou menos de uma semana na prisão nas Bahamas após ser detido na semana passada antes de ser extraditado para os EUA na quarta-feira, chegou em casa bem a tempo do Natal. 

Publicidade

Ele embarcou em um voo na noite de quinta-feira para a Califórnia e foi flagrado usando seu laptop no lounge da classe executiva da American Airlines.

A recusa da juíza Abrams na sexta-feira, embora talvez não seja extraordinária em si mesma, ressalta a intrincada interconexão que a FTX mantinha com os escalões superiores da elite política, acadêmica e empresarial dos Estados Unidos, um tema bastante conhecido no caso de Bankman-Fried.

Os pais dele são professores de direito de Stanford; Caroline Ellison, ex-CEO da Alameda Research, empresa irmã da FTX, é filha de dois professores do MIT, um dos quais era supervisor do então professor do MIT Gary Gensler, agora presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC).

Na quinta-feira, a SEC — que acusou Bankman-Fried de fraudar investidores no início deste mês — revelou que Ellison e o cofundador da FTX, Gary Wang, estão cooperando totalmente com a investigação da agência sobre a FTX e se declararam culpados de uma série de acusações.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

Participe da comunidade de criptomoedas que mais cresce no Brasil. Clique aqui e venha conversar no Discord com os principais especialistas do país.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas douradas à frente de bandeira do Brasil

Fundos de criptomoedas têm semana negativa, mas Brasil registra entrada de R$ 15 milhões

Brasil segue momento positivo para fundos de criptomoedas, enquanto produtos ao redor do mundo têm semana negativa com queda dos preços
Imagem da matéria: Se o halving é bullish para o Bitcoin, por que o preço costuma cair logo em seguida?

Se o halving é bullish para o Bitcoin, por que o preço costuma cair logo em seguida?

Se o halving é tão importante para as altas do Bitcoin, por que os dados históricos mostram que o BTC cai um ano após cada halving? Entenda.
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

Polícia Civil de SP pede prisão de donos da Braiscompany e mais dois funcionários

Antônio Neto Ais já está preso na Argentina, enquanto Fabrícia Campos está em liberdade condicional
Imagem da matéria: Notcoin: Jogo cripto do Telegram promete voltar com grandes mudanças após airdrop

Notcoin: Jogo cripto do Telegram promete voltar com grandes mudanças após airdrop

O jogo viral do Telegram, Notcoin, está planejando voltar ao ar após o airdrop de 20 de abril