Imagem da matéria: Itaú ganha na Justiça direito de encerrar conta corrente de corretora brasileira
(Foto: Shutterstock)

A Justiça decidiu que o Itaú não é obrigado a reabrir conta corrente de corretora de criptomoedas Braziliex. A sentença favorável ao banco foi publicada na última quinta-feira (13) no Diário Oficial do Estado de São Paulo. A corretora, no entanto,vai recorrer da decisão.

A ação foi movida pela exchange após ter notícia em maio de 2017 que sua conta corrente havia sido encerrada. A corretora de criptomoedas sustentou que o Itaú não emitiu uma notificação prévia conforme deve ser feito de acordo com a Resolução do Banco Central.

Publicidade

Apesar disso, a Juíza Juliana Nishina de Azevedo, da 27ª Vara Cível de São Paulo, decidiu na terça-feira (11) que o Itaú não é obrigado a manter conta aberta de qualquer cliente que seja, pois isso afetaria a autonomia privada dessa instituição.

“Sobre o tema, deve-se ressaltar que a Constituição Federal consagra que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer algo, senão em virtude de lei (art. 5º, II, da CF). Consagra, também, a livre iniciativa e a autonomia privada”.

Itaú desinteressado

Azevedo afirmou que basta haver o desinteresse comercial para que o banco possa efetuar o encerramento da conta. Ao seu ver, a instituição financeira não é obrigada a manter o contrato com a autora da ação, pois “não há qualquer previsão legal ou contratual que assim o obrigue”.

Ela também declarou que o Código de Defesa do Consumidor e tampouco o princípio da função social do contato servem para justificar a manutenção da conta corrente de forma perpétua.

Publicidade

A juíza disse que mesmo que o Itaú não tenha comprovado a emissão de notificação prévia nos termos da resolução nº 2.025/13 do Banco Central, o banco ainda assim estaria com razão.

“O descumprimento deste requisito, contudo, não dá à parte autora direito de manter suas contas por prazo indeterminado, observando que é este o pedido que formulou”.

Azevedo explicou que o pedido feito pela Braziliex para reativar a conta não poderia ser atendido justamente por haver a autonomia privada do banco.

“Ao revés, poderia apenas eventualmente significar que o autor faria jus à manutenção de sua conta corrente por mais 30 dias, contados da notificação. É de se ressaltar, todavia, que o autor não formulou o pedido para que fosse sua conta mantida por trinta dias, mas sim para reativação de sua conta. E tal direito, como antes explanado, não existe, pois não se pode obrigar ninguém a se manter contratado”.

Publicidade

Resposta da Braziliex

A reportagem entrou em contato com Mônica de Souza, head de comunicação da Braziliex, que afirmou que a corretora de criptomoedas irá recorrer dessa decisão.

Ricardo Rozgrin, CEO da Braziliex, disse que apesar dessa decisão judicial, os saques e depósitos não deverão ser afetados.

“Isso em nada interfere nas operações de depósitos e saques atualmente disponíveis na plataforma.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Homem preso com as mãos algemadas nas costas

Polícia do Rio prende suspeitos de integrar quadrilha especializada em golpes com criptomoedas

Operação ‘Investimento de Araque’ foi deflagrada nos estados do Rio, Amazonas e Pará; suspeitos movimentaram mais de R$ 15 milhões em dois anos
moeda e notas pendurada em um varal

Operação contra maior milícia do RJ revela que suspeitos compravam Bitcoin para lavar dinheiro

Fonte do dinheiro movimentado pelos suspeitos seria oriundo de grilagem de terras, extorsão contra comerciantes e exploração do transporte
Policiais federais fotografados de costas

PF e Receita Federal caçam grupo suspeito de lavagem de dinheiro com criptomoedas

Policiais federais e auditores-fiscais se mobilizaram em quatro estados para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão em um esquema de importações ilegais
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar