Imagem da matéria: Investir em títulos do dólar é estúpido, escreve veterano Ray Dalio
Ray Dalio em palestra do TED Talks (Foto: Bret Hartman/TED/Divulgação)

“O mercado de títulos públicos está oferecendo rendimentos ridiculamente baixos”, na opinião do veterano dos investimentos Ray Dalio. Na segunda-feira (15), o bilionário, que é gestor do fundo Bridgewater Associates, publicou um artigo no qual critica o rendimento dos títulos emitidos pelo Tesouro dos Estados Unidos.

O momento atual, afetado pela pandemia da Covid-19, é comparável àqueles ocorridos entre 1915 a 1920 e 1930 a 1945, aponta Dalio. Em ambos os casos, o governo dos EUA injetou dinheiro na economia do país, de maneira a combater a crise econômica.

Publicidade
Rendimento dos títulos púiblicos, acima, e taxa de juros, abaixo (Ray Dalio/Linkedin)

Também houve redução significativa da taxa básica de juros – equivalente ao que acontece com a SELIC – nesses períodos de crise.

Logo, o rendimento real dos títulos públicos baseados no dólar está perto do menor patamar da história. No caso da taxa de juros, ela está no menor valor desde a época da segunda guerra mundial.

Investir nos títulos públicos é “estúpido”

Ambos os fatores – o baixo rendimento dos títulos e a taxa de juros do dólar – levam o especialista a questionar os investidores.

“O lado econômico de investir em títulos (e na maioria dos ativos financeiros) se tornou estúpida”, afirma Dalio, ao criticar essa modalidade de aplicação.

Publicidade

Na visão do bilionário, os investimentos servem para “criar uma reserva de valor que pode ser convertida em poder de compra no futuro”. Contudo, o aumento da inflação e a redução da taxa de juros fazem com que alguns títulos apresentem rendimentos reais negativos.

Dalio calcula que, ao investir US$ 100 no tesouro, o tempo que demora para que esse dinheiro retorne por inteiro e comece a render é de aproximadamente 42 anos. O problema se repete em zonas desenvolvidas, como é o caso do Japão, Europa e China.

Nessa linha, Dalio questiona: “ao invés de receber menos do que a inflação, por que não comprar outra coisa – qualquer coisa – que renda igual ou mais do que ela?”

Ray Dalio está ficando mais favorável ao Bitcoin

O gestor da Blackwater costumava criticar o Bitcoin (BTC). Entretanto, recentemente, ele mudou o seu posicionamento sobre a moeda. “Acredito que o Bitcoin é uma invenção incrível”, escreveu ele em janeiro.

Publicidade

Devido às propriedades da moeda, ele diz ainda que o Bitcoin pode se tornar um ativo de reserva de valor. “A criptomoeda superou a linha especulativa da imaginação e pode conservar valor no futuro”, disse Dalio.

No mais, a Bridgewater Associates, de Dalio, é um dos principais fundos de investimentos do mundo. A empresa administra, atualmente, cerca de US$ 138 bilhões (R$ 770 bilhões) em ativos, de acordo com a Investopedia.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

O ex-ministro Tareck El Aissami foi preso por participar de esquema que desviou US$ 15 bilhões da venda de petróleo usando criptoativos
moeda de bitcoin à frente da bandeira de hong kong

Por que os ETFs de Bitcoin e Ethereum em Hong Kong são importantes para o mercado

Aprovação dos ETFs de Bitcoin e Ethereum podem abrir espaço para investidores da China e dar uma vantagem competitiva de Hong Kong sobre os EUA
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Quando será o próximo halving do Bitcoin?

O tão falado halving do Bitcoin acabou de acontecer, e o próximo já está no horizonte.
Ilustração de mão segurando smartphone com logotipo da Toncoin

Toncoin (TON) bate recorde de preço e supera Cardano como 10ª cripto mais valiosa

O Toncoin (TON) da Open Network disparou nas últimas semanas e expulsou a Cardano do top 10 das criptomoedas