Imagem da matéria: Investimento em bitcoin da MicroStrategy chega a US$ 7 bilhões
Foto: Shutterstock

A empresa de inteligência comercial MicroStrategy acrescentou quase 9 mil BTC a suas posses em bitcoin no terceiro trimestre, totalizando uma quantia de 114.042 BTC em 30 de setembro de 2021.

Atualmente, o bitcoin está sendo negociado a aproximadamente US$ 61 mil. Agora, a MicroStrategy possui uma quantia de US$ 7 bilhões da principal criptomoeda do mercado.

Publicidade

De acordo com os resultados financeiros da MicroStrategy, referentes ao terceiro trimestre, publicados nessa quinta-feira (28), a empresa gastou um total de US$ 3,160 bilhões para adquirir os bitcoins, com um custo médio de aproximadamente US$ 27.713 por moeda.

A MicroStrategy começou a explorar o bitcoin como investimento em 2020, quando a empresa realizou sua primeira aquisição de US$ 425 milhões. Até o fim de 2020, a alocação em bitcoin da MicroStrategy havia excedido US$ 1,125 bilhão.

Em fevereiro deste ano, a empresa virou manchete novamente quando adquiriu 19.452 BTC, equivalentes a US$ 1,026 bilhão, aumentando seus investimentos em bitcoin para aproximadamente US$ 4,5 bilhões.

Desde então, a MicroStrategy esteve acrescentando mais e mais bitcoins a seu balanço patrimonial. O CEO Michael Saylor, um dos defensores mais ferrenhos do bitcoin, deixou bem claro que a empresa não planeja vender nunca seus investimentos.

Publicidade

Os investimentos em bitcoin da MicroStrategy também inspiraram investidores institucionais, como Raoul Pal, e empresas como Square e Tesla a fazerem o mesmo.

Em dezembro do ano passado, Saylor havia publicamente aconselhado Elon Musk a converter o balanço patrimonial da Tesla em bitcoin, sugerindo que a iniciativa seria um “favor de US$ 100 bilhões”.

Dois meses depois, em fevereiro de 2021, Tesla realizou seu investimento recorde de US$ 1,5 bilhão em bitcoin.

MicroStrategy planeja comprar mais bitcoin

Comentando sobre os resultados financeiros mais recentes, Saylor sugeriu que, agora, a MicroStrategy é a corporação negociada em bolsa que mais possui bitcoin no mundo e que “continuará avaliando oportunidades para arrecadar capital adicional para executar nossa estratégia de bitcoin”.

Ontem (28), Saylor também revelou que possui um investimento pessoal de 17.732 BTC (atualmente equivalentes a cerca de US$ 1,08 bilhão), comprados a uma média de US$ 9.882 cada.

Saylor acrescentou que ele “informou a MicroStrategy dessa alocação antes de a empresa decidir comprar bitcoin para si mesma”.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

A semana promete ser agitada à medida que chega o prazo final para a SEC decidir se aprova ou rejeita o lançamento de ETFs de Ethereum à vista