Imagem da matéria: Investidores sacam R$ 5 bilhões da KuCoin após processo dos EUA
Foto: Shutterstock

A exchange de criptomoedas KuCoin registrou uma saída de mais de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5 bilhões) em várias redes nas últimas 24 horas depois que o Departamento de Justiça dos EUA apresentou acusações de lavagem de dinheiro contra a empresa na terça-feira (26).

A exchange registrou US$ 1,083 bilhão em saídas por meio de cadeias compatíveis com Ethereum Virtual Machine (EVM) durante o período, e apenas US$ 144 milhões em entradas, segundo dados da empresa de análise Nansen.

Publicidade

“Isso representa uma queda de mais de 15% nos ativos mantidos pela corretora”, escreveu a Nansen em um post X.

O movimento ocorre após o Departamento de Justiça dos Estados Unidos acusar a empresa de conspirar para violar a Lei de Sigilo Bancário ao não operar um programa de combate à lavagem de dinheiro compatível.

Como resultado, eles supostamente permitiram que a lavagem de dinheiro e o financiamento de atividades terroristas fossem canalizados através da plataforma.

“Dados os incidentes anteriores, espera-se que qualquer grande repressão regulatória resulte em um aumento nos saques”, disse Martin Lee, chefe de conteúdo e comunicações da Nansen, ao site The Block. “Mas enquanto a corretora mantiver os depósitos e fundos dos clientes 1:1, ela deverá permanecer solvente mesmo sob tal estresse.”

Publicidade

Segundo a empresa de dados CryptoQuant, a reserva de Bitcoin da KuCoin era de cerca de 6.277 BTC, enquanto sua reserva de ether chegava a 99.359 ETH até a última madrugada.

“Em termos de rede, [KuCoin] está bem”, escreveu Ki Young Ju, fundador e CEO da CryptoQuant, em uma postagem no X/Twitter. “As retiradas de BTC e ETH aumentaram, impulsionadas principalmente por usuários de varejo, com um pequeno impacto na reserva geral. Eles parecem não misturar os fundos dos clientes e têm reservas suficientes para processar as retiradas dos usuários.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

De acordo com as investigações, a pirâmide criada pelo belga prejudicou milhares de investidores em diversos países europeus
Imagem da matéria: Ethereum atinge a marca de 1 milhão de validadores

Ethereum atinge a marca de 1 milhão de validadores

Com isso, agora são de 32 milhões de Ether em staking, o que equivale a mais de US$ 114 bilhões, representando cerca de 26% da oferta total de Ethereum
Imagem da matéria: Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) caiu dois dígitos durante a noite e continua a se distanciar de sua máxima histórica
Imagem da matéria: Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Steven Nerayoff alega ter sido vítima de provas fabricadas em um suposto caso de extorsão de 10.000 ETH