Imagem da matéria: Investidores de criptomoedas preferem Trump como presidente, aponta pesquisa

Donald Trump tem fãs entre a comunidade cripto, com 48% dos proprietários de criptomoedas nos EUA planejando votar no ex-presidente, em comparação com 39% que planejam votar no atual presidente dos EUA, Joe Biden. Os números são de uma pesquisa com 1.000 eleitores registrados encomendada pela empresa de capital de risco cripto Paradigm, que divulgou os resultados na quinta-feira (14).

A pesquisa foi realizada nacionalmente pela Public Opinion Strategies, com sede na Virgínia, entre 28 de fevereiro e 4 de março, enquanto o Bitcoin estava em alta, passando de US$ 58 mil para US$ 68 mil — estabelecendo um recorde histórico.

Publicidade

A Paradigm apontou que sua pesquisa, mesmo tendo sido feita entre investidores de criptoativos, refletiu números que espelham os de outras empresas de pesquisa estabelecidas: 45% de todos os eleitores registrados favorecendo Trump contra 42% apoiando Biden. A pesquisa tem uma margem de erro de 3,5%.

“Os americanos não confiam em nenhum dos partidos quando o assunto envolve criptoativos”, observou a empresa. “49% dos eleitores não confiam em nenhum partido em relação à criptomoedas, incluindo 40% dos democratas e 30% dos republicanos.”

O Partido Republicano colocou as criptomoedas em uma posição mais importante em sua plataforma nacional do que os democratas graças ao debate sobre as moedas digitais de bancos centrais (CBDC), algo que Trump prometeu eliminar se for eleito em novembro.

Os republicanos do Congresso tentaram decretar a proibição de uma CBDC dos EUA, uma possibilidade que ganhou força nesta semana com a revelação de que o Federal Reserve considera uma CBDC como uma de suas principais responsabilidades.

Publicidade

A expansão do mercado cripto

A Paradigm diz que sua pesquisa também mostra que os detentores de criptomoedas não são mais um nicho ou um pequeno grupo.

“Os detentores de criptomoedas constituem uma boa porcentagem do bloco de votação atual, e já passou da hora das autoridades eleitas perceberem isso”, afirmou a empresa, apontando para os resultados da pesquisa que indicam que 19% dos eleitores possuem ou usam criptomoedas e outros 16% que dizem que provavelmente investirão em ativos digitais.

“Os proprietários de criptomoedas são, eles próprios, um grupo demográfico de votos decisivos, que pode ser determinante se a eleição for mais uma disputa acirrada”, aponta a análise da Paradigm.

O relatório prossegue destacando que as criptomoedas são uma questão que pode já ter movimentado a agulha em comparação com o último confronto entre Biden e Trump.

Publicidade

“Entre os proprietários de criptoativos, 43% se lembram de ter votado no presidente Biden em 2020 e apenas 39% dos eleitores dessa categoria se lembram de ter votado no ex-presidente Trump naquele ano”, observa Paradigm. “Portanto, parece que alguns dos eleitores que o presidente Biden está perdendo para Trump são proprietários de criptomoedas, possivelmente por causa das ações tomadas por algumas agências na administração Biden.”

Embora essas ações não sejam especificadas, elas podem incluir a campanha de longa duração contra a venda de “títulos não registrados” pela Comissão de Valores Mobiliários (SEC) e declarações da secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, de que os ativos digitais representam uma ameaça aos mercados financeiros do país. Os consultores sênior de Biden também pediram mais regulamentação para as criptomoedas.

A pesquisa da Paradigm também revela mudanças na demografia dos detentores de ativos digitais.

“A propriedade de criptomoedas é ainda maior entre as comunidades de cor e entre os jovens”, observa o relatório, revelando que 33% dos afro-americanos e 32% dos hispânicos “atualmente possuem, negociaram ou usaram criptoativos em 2024”. Esses números eram de 20% e 22% no ano passado.

“Tem havido muitos comentários sobre as mudanças nas preferências eleitorais dos eleitores jovens e dos eleitores não brancos”, concluiu a Paradigm. “Está claro que uma coisa que interessa a esses grupos é como os formuladores de políticas abordarão as criptomoedas.”

A pesquisa foi realizada recentemente, o suficiente para capturar parte do frenesi do mercado em relação aos ETFs de Bitcoin à vista, que foram creditados como responsáveis por alimentar grande parte da recente corrida de alta. Enquanto 6% dos eleitores afirmam ter investido em ETFs de criptomoedas e outros 6% dizem que planejam fazê-lo, outros 22% dizem que talvez comprem um ETF de Bitcoin à vista.

Publicidade

“Os norte-americanos perceberam a opção de comprar ETFs de Bitcoin à vista em grande escala”, afirma o relatório. “Os ETFs cripto à vista estão, como esperado, provando ser um importante veículo de integração dos norte-americanos com os criptoativos e podem acabar sendo um passo para a propriedade direta de ativos digitais”.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
graficos vermelhos em queda

Investidores sacam R$ 1 bilhão de projeto DeFi da Solana após renúncia de CEO

O fundador da Marginfi anunciou sua renúncia em meio a um turbilhão de controvérsia e desentendimento operacional
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

Agência federal de fiscalização dos Estados Unidos começa a olhar para games cripto

Comprar vidas extras ou ganhar tokens em um jogo do tipo play-to-earn equivale a um “banco em games e mundos virtuais”, diz agência
Logo da Binance

Binance anuncia conselho diretor global, mas não revela onde será sua sede

Entre os três membros externos estão dois executivos do mercado financeiro e um ex-embaixador de Barbados nos Emirados Árabes Unidos
Imagem da matéria: FBI intima participantes de evento de 2022 após roubo de dev do Bitcoin Core

FBI intima participantes de evento de 2022 após roubo de dev do Bitcoin Core

Dashjr, cofundador do pool de mineração Ocean, teve um montante de Bitcoin roubado que hoje vale mais de US$ 14 milhões