Cathie Wood, criadora da Ark Invest e evangelizadora do Bitcoin, usando óculos e sorrindo
Cathie Wood é uma estrela do mundo de investimentos (Foto: Reprodução/Facebook)

A Ark Invest, firma de investimentos da investidora Cathie Wood – uma celebridade global do mercado financeiro -, voltou a afirmar que o preço do Bitcoin deverá chegar a US$ 1 milhão até 2030. Dessa vez, a análise é feita de um modo mais técnica. Ela aparece no relatório Big Ideas Research, documento anual que teve sua versão de 2023 publicada nesta semana. Nesta quarta (1), o BTC vale US$ 23.105.

No capítulo destinado exclusivamente à maior criptomoeda, a empresa afirma que a oportunidade de longo prazo do Bitcoin está se fortalecendo.

Publicidade

“Apesar de um ano turbulento, o Bitcoin não perdeu o ritmo. O contágio causado por contrapartes centralizadas elevou as propostas de valor do Bitcoin: descentralização, auditabilidade e transparência. O preço de um BTC pode ultrapassar US$ 1 milhão na próxima década”, aponta o relatório.

Para justificar a previsão, a Ark montou uma tabela mostrando indicadores positivos para o Bitcoin. Três indicadores chamam especialmente a atenção: o hashrate nunca esteve tão alto e o número de endereços de BTC que não estão zerados (possuem alguma fração da criptomoeda) está em nível recorde (32,6 milhões de endereços em 2020 contra 45,5 milhões em 2022), assim como a taxa de pessoas que holdam o ativo por longo tempo.

Veja abaixo a tabela da Ark Invest sobre os dados do Bitcoin:

Cathie Wood, a evangelizadora do Bitcoin

A fundadora da Ark Invest e “postar” global do mercado de investimentos já havia dito em entrevista para a a Bloomberg em 2021 que acreditava que o Bitcoin chegaria a US$ 500 mil por unidade até 2026. Mais tarde, aumentou a aposta, dizendo que ele iria para US$ 1 milhão até 2030.

Wood foi questionada se ainda mantinha a previsão mesmo com o inverno cripto, aprofundado pelo colapso da FTX. “Sim. As vezes você precisa de testes de batalha para ver quem são os sobreviventes. Mas nós achamos que Bitcoin está saindo dessa [série de eventos] cheiroso como uma rosa”.

Publicidade

A investidora ainda explicou por que acha que as pessoas ainda devem acreditar no ecossistema: “A infraestrutura do Bitcoin e Ethereum não mudou um centímetro desde que essa crise começou. Na verdade, o hashrate do Bitcoin atingiu uma alta histórica e isso realmente mostra a segurança dessa rede”.

Na entrevista, Wood afirma que a quebra da FTX não pode ser comparada com o colapso do Lehman Brothers, que foi o estopim para a crise financeira mundial de 2008. “O Lehman tinha US$ 1,2 trilhão em débitos de clientes e a FTX tem algo perto de US$ 10 bilhões. Então estou colocando tudo em perspectiva”, aponta.

Ascensão para fama

Cathie Wood tem 1,5 milhões de seguidores no Twitter e é um dos grandes nomes do mercado de investimentos no cenário global. A executiva ficou famosa após seu fundo dar 150% de retorno aos investidores em 2020 e ter uma média de retorno anual de 45% nos últimos cinco anos.

A CEO é considerada uma guru das ações de tecnologia por fazer apostas lucrativas em empresas de blockchain, inteligência artificial, robótica e energia limpa.

Publicidade

Além dos resultados, Wood é notória por suas previsões. Não só disse e mantém que o Bitcoin valerá US$ 1 milhão como garante que a Tesla é uma empresa subvalorizada e que a montadora de carros elétricos irá valer US$ 3 trilhões.

  • Bull market está de volta? Conheça as expectativas para o mercado cripto em 2023 em live do MB quinta-feira (2) no YouTube.
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: MicroStrategy anuncia desdobramento de ações após acumular US$ 13 bilhões em Bitcoin

MicroStrategy anuncia desdobramento de ações após acumular US$ 13 bilhões em Bitcoin

A empresa de software MicroStrategy, do defensor do Bitcoin Michael Saylor, dividirá suas ações depois que o preço mais do que triplicou no ano passado
Dólares equilibrados formam uma pirâmide

Mercado ligado a elite do Camboja movimentou R$ 59 bilhões para golpistas cripto

Um grupo ligado à família Hun, no poder do Camboja, foi acusado de estar envolvido em um golpe multibilionário de cripto
Imagem da matéria: Polícia apreende R$ 100 mil em mineradoras de criptomoedas dentro de carro no Paraná

Polícia apreende R$ 100 mil em mineradoras de criptomoedas dentro de carro no Paraná

As mineradoras de criptomoedas estavam em um carro modelo Onix que foi abordado pelos policiais durante a Operação Protetor
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin cai 14% após novo projeto desagradar comunidade

Jogo viral do Telegram, Notcoin sofre um grande golpe à medida que o “recomeço” anunciado pelos criadores não surtiu efeito na comunidade