Hacker furioso
Shutterstock

O hacker que no ano passado explorou uma falha na BNB Chain para criar mais de R$ 3 bilhões em tokens nativos da plataforma está a ponto de perder parte do seu dinheiro roubado, caso o preço da BNB em dólar atinja valor inferior a US$ 220 por unidade. O mercado está acompanhando a evolução do caso desde outubro de 2022.

Após roubar 2.000.000 unidades de BNB no ano passado, o hacker tentou potencializar seus ganhos e dificultar o rastro, utilizando 900.000 BNB (US$ 207,9 milhões na cotação atual, cerca de R$ 1 bilhão) para tomar um empréstimo de stablecoin no Venus Protocol.

Publicidade

Os 900 mil BNB ficaram, desde então, alocados na plataforma como garantia pelo empréstimo.

Assim como ocorre nas operações de margem, ou em outras plataformas de empréstimo cripto, a posição construída pelo hacker fica sujeita ao pagamento da dívida (com a recuperação dos fundos), ou a liquidação desta garantia caso o preço do criptoativo atinja um valor pré-determinado.

No caso em questão, o preço de liquidação está programado para US$ 220/bnb. Segundo o CoinMarketCap, BNB chegou a ser negociado por US$ 223 na manhã desta segunda-feira (12) — apenas a três dólares da execução e consequente perda do dinheiro.

Para diminuir os efeitos de uma possível venda massiva dos tokens, a equipe de desenvolvimento da BNB Chain garantiu a exclusividade na compra da posição em risco, em uma operação de balcão (OTC, na sigla em inglês) com a plataforma.

A proposta foi realizada em novembro de 2022 na página de governança do Venus Protocol (XVS) e aprovada pelos usuários que votaram favoráveis a exclusividade. Desta forma, apenas membros da BNB Chain Core podem liquidar a posição do hacker.

Publicidade

É possível acompanhar o depósito do hacker na Venus Protocol através do endereço “0x489a…79bec“.

Em abril deste ano, a BNB Chain realizou um hard fork — Planck — para corrigir as falhas de segurança exploradas no ano passado.

BNB é também o token nativo da Binance, exchange centralizada que está sendo processada pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). O token perdeu muito valor na última semana, frente às incertezas regulatórias e jurídicas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Evento Ethereum Rio ocorre entre os dias 13 e 15 de maio no Porto Maravalley, Rio de Janeiro
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e volta para US$ 63 mil; Toncoin salta 17% com expectativa para lançamento da Notcoin

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e volta para US$ 63 mil; Toncoin salta 17% com expectativa para lançamento da Notcoin

Toncoin valoriza com a notícia do lançamento de um dos tokens mais esperados da rede: Notcoin (NOT)
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos