Rainha Das Criptomoedas, Ruja Ignatova, posa para foto
Ruja Ignatova, a ‘Rainha das Criptomoedas’ da Onecoin (Foto: Reprodução/Flickr)

Agora há mais evidências de que a desaparecida Rainha das Criptomoedas, Dra. Ruja Ignatova, pode ter sido assassinada por um chefão do tráfico búlgaro. O motivo teria sido o fato de ela ter sido considerada um “fardo”, de acordo com um novo episódio do podcast The Missing Cryptoqueen da BBC.

O novo episódio do podcast parece apoiar os relatos do ano passado de que Ignatova tinha ligações com o submundo búlgaro e foi assassinada.

Publicidade

Em 2014, Ignatova lançou a OneCoin, uma nova criptomoeda “revolucionária” minerável com um fornecimento máximo de 120 bilhões de moedas, projetada para imitar o sucesso do Bitcoin. Nos anos seguintes, ela levantou milhões de dólares em investimentos, mas acabou ficando claro que o OneCoin era uma farsa.

Com múltiplas investigações sobre ela, Ignatova desapareceu em outubro de 2017 depois de pegar um voo da Bulgária para a Grécia.

Em 2019, o podcast da BBC Sounds The Missing Cryptoqueen começou a investigar o golpe e o eventual desaparecimento de Ignatova. Então, em 2022, o FBI a adicionou à sua lista das dez pessoas mais procuradas, onde ela permanece até hoje.

Em 2023, uma investigação do Bird, uma publicação búlgara, relatou que Ignatova foi morta em 2018 depois de receber documentos que teriam sido encontrados na posse de um policial local assassinado.

Publicidade

Esses documentos, que já foram verificados, afirmam que o seu assassinato foi ordenado por um chefão do tráfico conhecido como Taki e que o seu corpo foi depois atirado no Mar Jónico.

De acordo com um novo relatório da BBC World Service’s Eye Investigations and Panorama, Ignatova estava pagando proteção a Taki enquanto ele usava a rede OneCoin para lavar dinheiro.

“Temos evidências de que um traficante de drogas muito significativo, se não o mais prolífico, de todos os tempos na Bulgária estava intimamente ligado à OneCoin [e] serviu como guarda de segurança pessoal [de Ruja Ignatova]”, disse um advogado assistente à  BBC  em 2019, com Taki supostamente ganhando US$ 100 mil por mês por seus serviços.

Rainha das Criptomoedas teria se tornado um ‘fardo’ para chefão

O novo episódio Missing Cryptoqueen também relata que várias fontes lhes disseram que Ruja foi assassinada por Taki porque ela se tornou um “fardo” devido ao número de investigações que a OneCoin estava enfrentando.

Publicidade

“Sabendo o quão violentos são os cartéis, se [Taki] pensasse que ela era uma ameaça para ele, ele provavelmente a mataria em vez de ser pego”, disse o ex-repórter do IRS Richard Reinhardt.

Documentos vazados do ex-espião Frank Schneider aparentemente confirmam que a Operation Satellite (Operação Satélite), como é chamada a investigação policial internacional sobre Ruja e OneCoin, estava investigando seu relacionamento com Taki.

Em 2023, Kuro, membro da organização de Taki, sua esposa e outras duas pessoas foram assassinadas na cidade de Cape. Enquanto a polícia ainda procura pelos assassinos, o ex-vice-ministro búlgaro Ivan Hristanov classificou a “execução pública” como uma “confirmação”.

“Certas pessoas tiveram que ser removidas porque sabiam muito sobre Taki”, acrescentou.

“É uma boa teoria. É credível”, disse a equipe por trás do podcast The Missing Cryptoqueen, que também acredita que rumores sobre a morte de Ruja podem ser espalhados para ajudá-la a permanecer escondida.

Houve vários avistamentos da Dra. Ruja nos últimos anos, e o FBI ainda não a removeu de sua lista dos Dez Mais Procurados.

Publicidade

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Desenho de uma caixa sustentada por paraquedas

ZkSync fará airdrop de 3,7 bilhões de tokens ZK nas carteiras dos usuários na próxima semana

Não haverá período de bloqueio para o airdrop da comunidade, mas a distribuição foi limitada a 100 mil tokens por carteira
Moedas douradas de Bitcoin (BTC) e um gráfico de preço ao fundo

Preço do Bitcoin despenca com liquidações de US$ 245 milhões no mercado

As liquidações de criptomoedas dispararam na terça-feira (11), com o Bitcoin despencando 5% e indo a US$ 66 mil
Imagem da matéria: Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Embora o magnata das criptomoedas ainda esteja em Montenegro, ele agora está sendo responsabilizado pessoalmente por US$ 204 milhões
Imagem da matéria: IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

CEO da ERCOT, que controla a rede elétrica do Texas, disse que nos próximos seis anos a capacidade do estado vai precisar praticamente dobrar