Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)
Shutterstock

Após esforços contínuos para converter seu fundo Bitcoin Trust em um fundo negociado em bolsa (ETF), a Grayscale agora pretende fazer o mesmo com seu produto em Ethereum.

A NYSE Arca entrou com um pedido junto à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) para converter o Grayscale Ethereum Trust (ETHE) em um ETF Ethereum à vista (spot) logo após a primeira série de ETFs futuros de Ethereum chegar ao mercado americano.

Publicidade

Ao listar um novo ETF de criptomoedas, sempre é solicitada uma autorização no regulador de mercado à exchange que lista as cotas do novo fundo, e não ao próprio patrocinador.

“Ao solicitarmos a conversão do ETHE em ETF, o próximo passo natural na evolução do produto, reconhecemos este como um momento importante para trazer o Ethereum ainda mais para dentro do perímetro regulatório dos EUA”, disse o CEO da Grayscale, Michael Sonnenshein, em um comunicado nesta segunda-feira (2).

Procurada para comentar o assunto, a Grayscale não respondeu imediatamente ao pedido do Decrypt.

Tal como acontece com o seu fundo Bitcoin, o Grayscale Ethereum Trust é o maior veículo de investimento Ethereum em todo o mundo, compreendendo 2,5% de todo o ETH em circulação.

Desde o lançamento em 2019, a conversão em ETF à vista sempre foi a “fase final” do ciclo de vida pretendido, de acordo com o comunicado de imprensa.

Publicidade

No momento, as ações ETHE são negociadas com um desconto colossal de 30% em relação ao ETH subjacente mantido pelo fundo. Enquanto o valor total das participações em ETH do fundo ascende a US$ 5,14 bilhões, no momento da escrita, as suas ações totalizam apenas US$ 3,6 bilhões.

Sob uma estrutura de ETF, as ações da ETHE seriam diretamente resgatáveis ​​pelo ETH subjacente. Isto provavelmente traria o valor patrimonial líquido e o valor das ações da empresa à paridade.

Após o anúncio, as ações da ETHE dispararam 6,15% no dia.

Grayscale muda de Bitcoin para Ethereum

Até agora, a longa batalha da empresa para converter o Grayscale Bitcoin Trust (GBTC) em um ETF Bitcoin à vista ainda não deu frutos.

No entanto, uma grande vitória judicial sobre a SEC em agosto aumentou a confiança entre a Grayscale e seus rivais de que a agência pode não ter outra escolha a não ser permitir que um ETF Bitcoin à vista seja listado nos mercados dos EUA.

Publicidade

O tribunal concluiu que a SEC estava sendo “arbitrária e caprichosa” em relação à Grayscale ao negar seu pedido de ETF Bitcoin à vista, ao mesmo tempo que permitia ETFs Bitcoin futuros alternativos.

Desde então, o desconto nas ações do GBTC diminuiu de 25% para 20%.

A Grayscale foi uma das muitas empresas a solicitar um ETF de futuros de Ethereum no mês passado, que é respaldado por contratos futuros liquidados em dinheiro, em vez de ETH real.

Um contrato futuro é um acordo para comprar ou vender um determinado ativo financeiro em uma data posterior a um preço pré-determinado, tornando-os efetivamente especulações sobre a trajetória de preços de um ativo.

*Traduzido com autorização do Decrypt

VOCÊ PODE GOSTAR
Jerome Powell, presidente do Fed, mostrado em tela de computador

Bitcoin cai para a casa dos US$ 67 mil após Fed manter taxa de juros

Jerome Powell afirmou que a busca do banco central dos EUA pela meta de 2% de inflação ainda não acabou
Imagem da matéria: Investidor diz ter perdido US$ 1 milhão em ataque hacker na Binance

Investidor diz ter perdido US$ 1 milhão em ataque hacker na Binance

Investidor alega que, mesmo sem as senhas, hackers invadiram sua conta na Binance; exchange diz não ter culpa e que problema foi um plug-in malicioso
Imagem da matéria: Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

A Base, da Coinbase, acumulou mais de US$ 6 milhões em lucros on-chain em maio no ecossistema de segunda camada Ethereum, com a Blast bem atrás em segundo
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas têm saídas de US$ 600 mi na semana, mas Brasil mantém fluxo positivo

Fundos de criptomoedas têm saídas de US$ 600 mi na semana, mas Brasil mantém fluxo positivo

Mercado realinha expectativas após FOMC manter juros nos EUA e fundos de criptomoedas encerram sequência de cinco semanas de entradas líquidas