Imagem da matéria: Governo do Paraná fecha parceria com empresa de blockchain para evitar desvios públicos
(Auditório da Celepar durante o evento de lançamento da parceria com a BRI. Imagem: Reprodução/Celepar)

O Governo do Paraná fechou uma parceria com a empresa canadense de soluções e inovação ‘Blockchain Research Institute’ (BRI) nesta quinta-feira (07). A startup vai pôr em prática sua experiência em tecnologia blockchain na administração paranaense, reportou a Agência de Notícias do Paraná.

A parceria já estava sendo analisada pelas partes desde o início do ano, quando a Agência Paraná de Desenvolvimento (APD), órgão que atua como ponte entre o governo paranaense e a iniciativa privada, recebeu uma proposta da BRI.

Publicidade

O governo acredita que as inovações previstas vão possibilitar mais segurança e transparência na administração dos órgãos do estado e que também vão atrair novos negócios para a região.

De acordo com o site, a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) será a precursora e responsável por conduzir todo o projeto de inovação tecnológica no estado.

Blockchain para impedir desvios

O objetivo é criar uma gestão pública desburocratizada, ágil e, acima de tudo, com transparência, diz a Agência. O Governo do Paraná entendeu que um sistema baseado na tecnologia blockchain vai agilizar processos e impedir desvios de recursos públicos.

Carl Amorim, executivo da BRI Brasil, apresentou todos os modelos de tecnologia que podem ser aplicados na gestão pública do Paraná, diz o site.

Publicidade

Ele explicou como Paraná pode evoluir com o blockchain e se tornar um centro de atenção com a criação de políticas públicas, controle de gastos, orientação estratégica e abertura de novos mercados.

“Vamos oferecer as condições para que o Paraná se transforme em um hub de tecnologia blockchain no Brasil, exportando essa expertise e servindo de referência para outros estados da federação”, disse.

Destacou, também, a confiabilidade no sistema em relação a transações financeiras, rastreabilidade de produtos agrícolas e informações de compra e venda de produtos, acrescentando:

“Esses dados são imutáveis, ou seja, uma vez feita a transação não há como alterar, impedindo assim desvios de recursos públicos e agilidade de processos”.

Publicidade

Centro internacional de blockchain

A Agência Paraná de Desenvolvimento tem como missão promover o desenvolvimento econômico e social do Estado por meio da atração de investimentos e de novas empresas.

Ela é o elo entre o governo e a iniciativa privada que auxilia no levantamento de dados, fornecimento de informações e tomada de decisões estratégicas.

Para garantir a segurança do investidor e melhorar o ambiente de negócios em cada cidade do Paraná, a APD também criou o Programa Municipal de Atração de Investimentos (PMAI), que trabalha em conjunto com as prefeituras.

Sobre o BRI

O Blockchain Research Institute (BRI) é uma organização global e independente focada em pesquisas inovadoras sobre a tecnologia blockchain, segundo informações no site.

É financiado por corporações internacionais e agências governamentais. Possui mais de 80 projetos documentando as implicações estratégicas do blockchain nos negócios, governo e sociedade.

Publicidade

O maior desafio da instituição é prover oportunidades de mercado, bem como melhores práticas de implementações, além de inspirar e preparar líderes do setor privado e público para serem os catalisadores da transformação do blockchain.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo
chaveiro com moeda de bitcoin em cima de teclado de laptop

O que são chaves privadas na blockchain e quais seus benefícios? | Opinião

Autor explica os cinco pilares fundamentais para a custódia segura de chaves privadas
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…