forex
Foto: Shutterstock

A Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities dos EUA (CFTC) comunicou na quarta-feira (29) que abriu processo contra 14 empresas que oferecem serviços de negociação em opções binárias, forex, criptomoedas, e que também atuam no mercado balcão (OTC). Segundo a autarquia, que supervisiona o mercado de derivativos, as empresas foram intimadas por atuarem sem as devidas licenças.

De acordo com o comunicado da CFTC, 12 das empresas investigadas têm agido como corretores para a modalidade de negociação chamada ‘Futures Commission Merchant’ (FCM), que é quando uma entidade renegocia contratos de futuros fora da bolsa de valores, como ocorre com as opções binárias. Outro tipo de serviço oferecido, segundo a autarquia, é o Retail Foreign Exchange Dealer (RFED), que é modalidade de mercado balcão.

Publicidade

Na nota da Comissão, são citadas as empresas Climax Capital FX e Digitalexchange24.com como as empresas que mentiram ao público ao informar que possuíam o aval de órgãos reguladores estadunidenses. Seus escritórios centrais estão supostamente localizados em cidades do Texas e Arkansas.

“As ações de hoje refletem os esforços dedicados da CFTC na proteção de investidores, erradicando agressivamente os malfeitores que alegam ter registros legítimos”, disse o diretor Vincent McGonagle.

As atividades, contudo, precisam estar registradas nos órgãos CFTC e NFA (National Futures Association), pois essas plataformas oferecem ao público em geral a oportunidade de comprar opções binárias com base no valor de commodities, como moedas estrangeiras e criptomoedas, incluindo Bitcoin, e incentivam os clientes a transferir dinheiro ou ativos para eles, explica a nota.

Todas as demais empresas citadas supostamente possuem sedes em Nova York. Veja a lista.

Tradingforexpay; Cryptofxtrader; Bitfxprofit; Globalnationfx; BinanceFxTrade; MaxForexOption; ProCryptoMinners; A ProFX-Capitals; Smarter Signals; Prime Expert Trade; Star Fx Pro; Excotradeoptions.

Mudanças na CFTC e SEC

A CFTC tradicionalmente desempenha um papel secundário em relação à Comissão de Valores Mobiliários (SEC), mas há sinais de que isso pode estar mudando à medida que os dois órgãos reguladores disputam o poder, comentou sobre o assunto o Coindesk. Isso porque recentemente a exchange Kraken concordou em pagar US$ 1,25 milhão para encerrar um processo na CFTC, por não se registrar como FCM e oferecer tais serviços.

Publicidade

E não para por aí. O site recordou também que a CFTC multou em US$ 100 milhões a BitMEX, que concordou com o valor para encerrar um processo que envolvia várias acusações civis.

Outro ponto, segundo Coindesk, é a diminuição de líderes na CFTC. Conforme informou, com o anúncio de que o comissário Dan Berkovitz deixaria o CFTC para servir como conselheiro geral da SEC, o órgão que geralmente atua com cinco pessoas agora vai contar com apenas duas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Joe Biden promete vetar resolução que visa frear política anticripto da SEC

Joe Biden promete vetar resolução que visa frear política anticripto da SEC

A Casa Branca disse que vetaria uma resolução aprovada hoje pela Câmara dos EUA “para impedir a tomada de poder regulatório da SEC”
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas
ilustração do famoso sapo pepe

PEPE salta 19% e bate recorde após boato de listagem na Coinbase e hype da GameStop

As últimas 24 horas foram uma tempestade perfeita para Pepe: Roaring Kitty voltou causando um boom das memecoins, ao mesmo tempo que se espalhou rumores de listagem na Coinbase