Moeda de bitcoin com o logotipo do google
Shutterstock

O Google atualizou sua política de publicidade nesta segunda-feira (29) e, em um ponto importante, passou a permitir anúncios do que definiu como “Cryptocurrency Coin Trusts”, que está sendo entendido como produtos regulados de criptomoedas.

Com isso, a gigante de tecnologia abriu as portas para que em breve sejam vinculadas no seu serviço propagandas dos recém-lançados ETFs de Bitcoin à vista nos Estados Unidos, além de outros fundos.

Publicidade

A novidade já tinha sido antecipada pelo próprio Google, que em dezembro informou que mudaria sua política para criptos em 29 de janeiro de 2024. Na ocasião, a empresa disse que iria liberar “produtos financeiros que permitem aos investidores a negociarem ações em fundos que possuem grandes quantias de ativos digitais”.

A companhia ressaltou que o exemplo era “não exaustivo”, ou seja, era apenas uma sugestão de qual publicidade será liberada, mas outros casos de uso poderão ocorrer.

No anúncio de dezembro, o Google também disse que espera que todos os anunciantes cumpram com as leis locais de onde estiverem anunciando.

A atualização da política ocorre cerca de três semanas após a aprovação dos ETFs de Bitcoin à vista nos EUA, com gigantes como BlackRock e Fidelity agora tendo espaço para divulgarem melhor seus produtos cripto.

Publicidade

As propagandas de corretoras de criptomoedas, carteiras cripto e ICOs (Oferta Inicial de Moeda) estão proibidas na plataforma desde 2018. Mas desde 2021 passaram a ser permitidos anúncios de exchanges e alguns serviços de carteira voltados para os EUA e que atendessem uma série de regras.

You May Also Like
Homem feliz envolto a ilustrações de Bitcoin

85% dos brasileiros acreditam que criptomoedas oferecem maior liberdade financeira, diz pesquisa

A pesquisa da corretora cripto OKX contou com a participação de 750 brasileiros
Moeda de bitcoin e etehreum à frente de tela com logo da Coinbase

Crash da Coinbase pode indicar outro bull run do Bitcoin; entenda por quê

Brian Armstrong, CEO da Coinbase, explicou que a corretora passou por problemas devido ao aumento inesperado de tráfego
coração preso a uma ratoeira

Golpe cripto que usa romance como isca aumentou 85 vezes desde 2020

A receita de “golpes do amor” dobrou de 2022 a 2023, mesmo com a queda do valor total enviado para os golpistas
Imagem da matéria: Veja as 5 criptomoedas que mais valorizaram em fevereiro

Veja as 5 criptomoedas que mais valorizaram em fevereiro

Indo muito além do Bitcoin, Ethereum e Solana, cinco criptomoedas subiram mais de 100% em fevereiro; confira o ranking