Imagem da matéria: Golpistas se passam por corretora Mercado Bitcoin para tentar roubar criptomoedas
Foto: Shutterstock

Criminosos estão usando o nome da corretora brasileira de criptomoedas Mercado Bitcoin para aplicar golpes. Uma imagem compartilhada nas redes sociais revela uma tentativa frustrada, mas que requer atenção, já que não é possível reverter uma transferência em bitcoin.

De acordo com a imagem, o golpista se passa por um ‘gerente virtual’ da corretora solicitando com urgência uma atualização nas chaves criptográficas. Segundo ‘ele’, o motivo é que a empresa identificou várias tentativas de acesso à conta. 

Publicidade

No texto, o golpista sugere que o problema esteja ocorrendo devido a um ‘Bot’ (robô) e que ‘eles’ estão tomando todas as precauções devidas para proteger o cliente de terceiros.

“O Procedimento é muito rápido, basta o senhor fazer o acesso através do seu dispositivo usual”, escreveu o falso gerente virtual.

Para completar o processo ele indica um endereço falso contendo o nome da corretora, cujo domínio é “.VIP”, provavelmente um link que vai dar a ele acesso a dados pessoais. Este tipo de armadilha é conhecido como ‘phishing’.

“E o senhor poderá dormir tranquilo com sua carteira 100% protegida”, concluiu.

A imagem, recebida por SMS, foi compartilhada em um grupo privado no Telegram por um usuário que ironicamente respondeu ao ataque.

Publicidade

Ele escreveu:

“Nossa, que perigo. Mas vou deixar desprotegido mesmo, vai que o hacker fica com dó da minha situação e me ajuda”.

(Imagem: Reprodução)

Mercado Bitcoin responde

Procurada para comentar o assunto, a assessoria de imprensa da empresa enviou a seguinte nota:

“Sobre qualquer eventual tentativa de phishing, reforçamos que nossos sistemas de segurança não identificaram qualquer cliente atingido e que monitoramos 24×7 as tentativas dessa natureza. Tão logo são identificadas, denunciamos e acompanhamos o processo para garantir que nossos clientes não sejam impactados”. 

Com o objetivo de reforçar os links verdadeiros da corretora, a empresa escreveu:

Reforçamos que nossos perfis oficiais nas redes são:

  • https://www.facebook.com/MercadoBitcoin
  • https://instagram.com/mercadobitcoin/ 
  • https://twitter.com/MercadoBitcoin 

E por e-mail são:

De acordo com a empresa, qualquer mensagem de qualquer remetente que não seja estritamente por esses endereços, deve ser descartada e reportada por meio do link de suporte ou pelo email [email protected]

VOCÊ PODE GOSTAR
Marcos Pasquim promove Mineradora Manah

Manah: Mineradora de ouro promovida por galãs da Globo é acusada de dar calote em investidores

Promovida por Márcio Garcia e Marcos Pasquim, a Mineradora Manah prometia pagar 3% ao mês aos investidores, mas agora está sendo acusada de calote no Reclame Aqui e nas redes sociais
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: Justiça nega pedido de liberdade para PM acusado de vender armas ao "Faraó do Bitcoin"

Justiça nega pedido de liberdade para PM acusado de vender armas ao “Faraó do Bitcoin”

Réu é acusado de ser responsável pela segurança do criador da GAS Consultoria e vender armas para a organização criminosa
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken