Imagem da matéria: O impacto do conflito na Ucrânia e das políticas do FED no preço do Bitcoin, segundo a Glassnode
Foto: Shutterstock

O mercado de bitcoins (BTC) continua sofrendo com muitas adversidades macro – da expectativa pela contração das políticas do Fed em março e, agora, receios de um possível escalonamento de conflito na Ucrânia.

Na última semana, mercados de derivativos de bitcoin foram precificados nessa incerteza, com uma achatação na curva de estrutura de termos futuros até março.

Publicidade

Prêmios futuros até o fim de 2022 estão bem baixos, sendo negociados a apenas 6% anualizados, e o mercado está expressando uma forte preferência para opções “put” (de venda) protetivas.

Simultaneamente, dinâmicas de fornecimento em blockchain estão bastante estáveis – um provável indicador de que investidores estão preparados para lidar com qualquer contratempo que surgir pela frente, preferindo utilizar derivativos para lidar com riscos.

Ao todo, isso tem a ver com o contínuo amadurecimento do mercado de bitcoins, conforme a liquidez se aprofunda e instrumentos de gestão de risco mais abrangentes ficam disponíveis.

Isso se diferencia bastante em comparação aos históricos ciclos do mercado de bitcoins, onde a diminuição de risco só foi possível com a venda de moedas em mercados spot.

Publicidade

Muito pelo contrário, atuais retenções spot e fluxos em blockchain continuam demonstrando ser características construtivas em vez de uma enorme saída por puro medo ou pânico.

Preço do bitcoin na sétima semana do ano (Imagem: Glassnode)

Incerteza precificada antes da alta nos juros em março

Conforme os mercados de derivativos de bitcoin amadurecem e a liquidez se aprofunda, podemos obter informações cada vez mais úteis da precificação de futuros e opções.

Dentre todas as corretoras rastreadas pela Glassnode, a estrutura de termos futuros ficou estável até março, coincidentemente com as esperadas altas de juros propostas pelo Federal Reserve dos EUA.

Isso se relaciona a uma evidente incerteza de investidores relacionadas ao amplo impacto econômico de um dólar americano mais firme, dadas as anteriores décadas de fracas políticas monetárias.

Publicidade

Futuros com validade até o fim de 2022 estão sendo negociados com um prêmio anualizado e modesto de 6%, sugerindo que o mercado está bem longe de antecipar um enorme impulso positivo em breve.

Estrutura de termos futuros de bitcoin (em dólares) (Imagem: Glassnode)

Também houve uma notável diminuição de risco entre mercados de futuros na última semana. No entanto, não foi uma consequência da infame cascata de liquidações que marcou muitos momentos em 2021.

O principal direcionador parece ser traders que optaram por encerrar suas posições de futuros em vez de uma oferta/lance forçada devido a liquidações e precificação volátil.

O mercado parece estar diminuindo o risco e restringindo a alavancagem em resposta à infinidade de incertezas macro.

O total de posições abertas de futuros agora caiu de 2,0% para 1,76% de capitalização de mercado.

A alavancagem relativa dessa magnitude foi uma faixa consideravelmente mais estável para o mercado ao longo de 2021 e a última vez que foi atingida foi durante o evento de desalavancagem em 4 de dezembro de 2021.

Proporção de alavancagem de posições abertas de futuros de bitcoin (Imagem: Glassnode)

Também é possível ver uma forte preferência por proteções de opções “put” conforme a proporção de posições abertas de “Put”/“Call” (venda/compra).

Publicidade

A transição de traders que favorecem especulativas opções de “call” e estão alocando em opções “put” é bem evidente após as altas recordes em outubro e novembro de 2021, indicando uma nova fase de sentimento de investidores.

Proporção “Put”/“Call” (venda/compra) de posições abertas de opções de bitcoin na Deribit (Imagem: Glassnode)

Uma dominância mais alta de “put”/“call”também é aparente na análise da distribuição de posições abertas para o contrato com validade até 4 de março.

O mercado tem uma clara preferência por “puts” com um preço de exercício (ou “strike”) entre US$ 38 mil e US$ 40 mil, carregando mais de 2,5 vezes em posições abertas do maior preço de exercício da opção “call”, entre US$ 48 mil e US$ 50 mil.

Ao todo, os sinais de precificação disponível nos mercados de derivativos indicam uma preferência por proteção, alavancagem conservadora e uma abordagem cautelosa a possíveis intempéries.

Com base tanto na precificação de futuros como na de opções, a incerteza parece estar bastante centrada no impacto das altas de juros do Fed em março.

Em seguida, a Glassnode analisa o desempenho de métricas em blockchain para combinar essas observações com o sentimento de investidores em mercados spot.

Publicidade
Posições abertas de opções de bitcoin por preço de exercício do bitcoin na Deribit com vencimento em 4 de março de 2022 (Imagem: Glassnode)

Dinâmicas de fornecimento spot continuam estáveis

Conforme discutido acima, a diminuição de risco por investidores em ciclos de mercado anteriores de bitcoin foi melhor expressada pela venda de moedas em mercados spot conforme investidores reduzem sua exposição.

Nesse exemplo, era de se esperar um período de fluxos líquidos de entrada de moedas a corretoras, um fenômeno observado entre maio e julho de 2021.

No entanto, no mercado atual, existe um fluxo líquido de saída de moedas em uma taxa não trivial. Dentre todas as corretoras rastreadas, bitcoins estão saindo de reservas e indo para carteiras de investidores a uma taxa de 42,9 mil BTC por mês.

Essa tendência de fluxos de saída líquidos se mantém há três semanas, fornecendo suporte ao atual salto no preço das recentes baixas de US$ 33,5 mil.

Mudança de posições líquidas em corretoras de bitcoin – todas as corretoras (Imagem: Glassnode)

O fornecimento de holders a longo prazo (ou LTH) continuou a manter uma tendência lateral, com um fornecimento total retido de cerca de 13,341 milhões BTC.

Quase sempre existe um fluxo consistente de moedas amadurecendo de status de holders a curto prazo (ou STH) para holders a longo prazo. Indica que o grau de gastos por holders a longo prazo é aproximadamente igual e oposto ao grau de amadurecimento das moedas.

Desde a alta recorde em outubro, holders a longo prazo só gastaram 175 mil BTC líquidos, demonstrando um grupo incrivelmente resiliente de holders, apesar dos predominantes obstáculos macro.

Fornecimento total retido por holders a longo prazo de bitcoin (Imagem: Glassnode)

O grupo de holders a curto prazo (com moedas mais novas do que  155 dias) atualmente possuem 18,85% do fornecimento que está fora das reservas de corretoras (note que: fornecimento de holders a longo prazo + fornecimento de holders a curto prazo + saldo em corretoras ~ fornecimento em circulação).

7,20% desses 18,85% recentemente voltaram a um lucro não realizado durante a alta de preço acima de US$ 44 mil. Isso indica que 1,178 milhão de BTC foi gasto (presumindo que foram transferidos), com preços negociados entre US$ 33,5 mil e US$ 44 mil.

Em outras palavras, 7,2% do fornecimento de moedas mantido fora de corretoras foi reacumulado nas últimas três semanas, fornecendo um indício da demanda implícita na atual faixa de preço.

Fornecimento de holders a curto prazo de bitcoin em lucro/prejuízo (Imagem: Glassnode)

Mineradores também continuam demonstrando uma preferência curiosa por acumulação ou distribuição de moedas. O gráfico abaixo apresenta dois grupos diferentes de mineradores que têm comportamentos divergentes na forma como lidam com o fornecimento minerado:

BinancePool (cor azul) foi um forte acumulador líquido de moedas mineradas desde 2020, tendo lucrado uma reserva de 33,2 mil BTC. Porém, em 2022, mineradores associados ao BinancePool estão gastando frações semirregulares entre 1,2 mil e 1,6 mil BTC.

todos os outros mineradores e pools (cor laranja) eram distribuidores mais fortes ao longo de 2020 e 2021, com saldos agregados atingindo baixas multianuais de cerca de 690 mil BTC em outubro e novembro de 2021. Ao contar os recentes gastos do BinancePool, esse grupo de mineradores acrescentaram entre 5 mil e 7 mil BTC a suas reservas agregadas em 2022.

Ao todo, saldos de mineradores estão aumentando como um todo, mas o gráfico abaixo mostra que a maioria desse fornecimento acumulado é direcionado por mineradores associados ao BinancePool.

Saldos de mineradores (BinancePool vs. todos os mineradores) de bitcoin (Imagem: Glassnode)

Também podemos investigar grandes posses em carteiras, geralmente chamadas de “baleias”, para ver se existe uma acumulação ou distribuição líquida acontecendo.

Porém, é importante notar que a interpretação de “posses por baleias” exige uma abordagem de análise bem sutil e é, geralmente, tão direta quanto observar mudanças em um grupo agregado de carteiras.

O gráfico abaixo apresenta duas curvas, refletindo saldos de carteiras com milhões de dólares em valor:

– fornecimento mantido por entidades entre 100 a 1 mil BTC (cor azul-esverdeada) ;

– fornecimento mantido por entidades entre 1 mil e 10 mil BTC (cor azul-escura).

O que podemos ver é uma mudança quase igual e oposta no fornecimento total desses dois grupos ao longo de 2021.

Conforme o fornecimento por grupos que mantêm 1 mil a 10 mil BTC caiu em 420 mil BTC, o fornecimento por grupos que mantêm 100 a 1 mil BTC aumentou em 488 mil BTC.

Uma análise mais refinada poderia analisar se essas moedas foram compradas, vendidas ou simplesmente reconfiguradas em um número maior de transações não gastas (ou UTXOs) de menor valor.

Porém, no agregado, ao longo de 2021 e 2022, isso apresenta um valor líquido de -32 mil BTC que migrou para fora desses grupos de carteiras.

É um volume menor de moedas se espalhado por um processo de redistribuição por um ano e, também, relativo à presente taxa mensal de fluxos de saída de corretoras (42,9 mil BTC/mês).

Fornecimento em bitcoin por baleia (Imagem: Glassnode)

Resumindo, parece que, na última semana, investidores estavam desalavancando e utilizando mercados de derivativos para se proteger do risco e comprar proteção em queda, com a atenção voltada às altas de juros do Fed previstas para março.

Enquanto isso, as dinâmicas de fornecimento em blockchain parece estar em uma espécie de equilíbrio.

Tanto o fornecimento de holders a longo prazo como de holders a curto prazo estão em intervalos limitados, saldos de mineradores estão, no agregado, entre estáveis e um pouco mais altos nas últimas semanas, além da estabilidade no fornecimento de baleias (carteiras que têm entre 100 e 10 mil BTC) desde dezembro.

Diferente de ciclos anteriores do bitcoin, a venda de posses spot não parece ser a estratégia preferida de diminuição de risco. Isso reflete um mercado cada vez mais maduro, com um crescente conjunto de instrumentos derivativos disponíveis para gerenciadores de risco.

Novas métricas sobre o fornecimento do bitcoin

Conforme as dinâmicas do mercado de bitcoins muda ao longo do tempo, analistas devem prestar atenção a um conjunto crescente de “locações”, onde o bitcoin pode estar bloqueado e entrando/saindo.

A seção abaixo apresenta inúmeras novas métricas disponíveis no Glassnode Studio para rastrear diversas concentrações de fornecimento de bitcoin.

Agora, existem três fundos de índice (ou ETFs) de bitcoin sendo negociados no Canadá:

– Bitcoin Fund – QBTC (cor laranja);

– Purpose Bitcoin – BTCC (cor roxa);

– Coinshares – BTCQ.U (cor rosa).

Coletivamente, esses ETFs agora possuem um total de 62.628 BTC, representando 0,33% do fornecimento em circulação, conforme o ETF Purpose representa 47,6% do total.

Posses de ETFs de bitcoin canadenses (Imagem: Glassnode)

A quantidade de “wrapped bitcoins” (WBTC) para uso no ecossistema do Ethereum está em altíssima demanda, agora absorvendo 271.167 BTC, mais de 1,43% do fornecimento em circulação. O fornecimento de WBTC expandiu 140% desde o início de 2021, aumentando 158,2 mil BTC.

Saldo de wrapped bitcoin (WBTC) (Imagem: Glassnode)

Por fim, conforme os procedimentos de reabilitação da infame corretora Mt Gox continuam, métricas que apresentam o saldo de moedas mantidas por Nobuaki Kobayashi, administrador da Mt Gox, agora estão disponíveis.

Após uma série de frações de vendas em 2017 e 2018, o saldo total de moedas controladas pelo administrador está em 137.890 BTC, equivalentes a 0,72% do fornecimento em circulação.

Essa métrica irá reagir caso qualquer uma das moedas mantidas forem gastas ou movimentadas pelo administrador.

Saldo em bitcoin da administração da Mt Gox (Imagem: Glassnode)

Sobre o autor

Glassnode é a maior provedora de dados e inteligência de blockchain que gera métricas e ferramentas on-chain para quem realmente quer entender o mercado de criptomoedas.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Glassnode.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundos cripto do Brasil e Hong Kong são os únicos com fluxo positivo na última semana

Fundos cripto do Brasil e Hong Kong são os únicos com fluxo positivo na última semana

Fundos cripto tiveram a quarta semana seguida de saídas, mas o Brasil segue com tendência positiva ao lado de Hong Kong, que se destaca com a estreia de ETFs
Imagem da matéria: FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

Segundo os balanços, a FTX deve cerca de US$ 11 bilhões, e conseguiu levantar entre US$ 14,5 e US$ 16,3 bilhões até agora
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens