Imagem da matéria: Gemini vai devolver US$ 1,1 bilhão para clientes do programa Earn
Foto: Shutterstock

A exchange de criptomoedas Gemini, sediada em Nova York, anunciou na quarta-feira (28) que as partes envolvidas no processo de recuperação judicial da empresa de empréstimos cripto Genesis concordaram em devolver US$ 1,1 bilhão em ativos digitais aos usuários do programa Earn da plataforma.

“Finalmente chegamos a um acordo em princípio com a Genesis e outros credores na recuperação judicial da Genesis que, se aprovado pelo Tribunal de Falências, resultará em todos os usuários da Earn recebendo 100% de seus ativos digitais de volta em espécie”, escreveu a empresa.

Publicidade

Fundada em 2014 por Cameron e Tyler Winklevoss, a Gemini — também conhecida como Gemini Trust Company — oferece não apenas uma exchange de criptomoedas, mas também serviços financeiros mais amplos, incluindo staking de criptomoedas, carteiras de criptomoedas, armazenamento a frio, serviços de cartão de crédito e o marketplace NFT Nifty Gateway.

Processos nos EUA

Em outubro, o escritório do Procurador Geral de Nova York (NYAG) entrou com uma ação no Tribunal de Falências dos EUA, Distrito Sul de Nova York, contra a Gemini, o credor de ativos digitais Genesis e o Digital Currency Group por fraudar investidores.

“Essas empresas de criptomoeda mentiram para os investidores e tentaram esconder mais de um bilhão de dólares em perdas, e foram os investidores de classe média que sofreram com isso”, disse a procuradora-geral de Nova York, Letitia James, na época. “Os nova-iorquinos trabalhadores e os investidores de todo o país perderam mais de um bilhão de dólares porque foram alimentados com mentiras flagrantes de que seu dinheiro estaria seguro e cresceria se eles o investissem na Gemini Earn.”

O início dos problemas

Após o colapso da FTX em 2022, um contágio varreu o mercado cripto. Uma das empresas envolvidas no surto foi a Genesis Trading. Em novembro de 2022, a Genesis suspendeu seus serviços de empréstimo, alertando os clientes sobre uma possível falência.

Publicidade

Na semana seguinte, a Gemini processou a Genesis pelo controle de US$ 1,6 bilhão em ações da Grayscale Bitcoin Trust.

De acordo com a Gemini, os participantes do programa Earn receberão a mesma quantidade de Bitcoin que emprestaram originalmente, além de qualquer aumento no valor realizado desde então.

“Se aprovado, estaremos devolvendo mais de US$ 1,8 bilhão em valor (a preços de hoje)”, disse Gemini. “US$ 700 milhões a mais do que quando a Genesis interrompeu as retiradas em 16 de novembro de 2022.”

Como parte do acordo, a Gemini disse que a exchange também contribuirá com US$ 40 milhões para a recuperação dos fundos dos usuários.

Publicidade

Uma vez aprovado, continuou a Gemini, os usuários do Earn podem esperar receber aproximadamente 97% de seus ativos em espécie em cerca de dois meses e o saldo restante dos ativos nos próximos 12 meses.

“O acordo, em princípio, está sujeito à documentação definitiva”, alertou a Gemini. “O processo exigido pelo Tribunal de Falências pode levar até dois meses para ser concluído, e manteremos os usuários do Earn informados ao longo do caminho.”

Dizendo que reconhece as dificuldades que os clientes enfrentaram durante o processo de liquidação, a Gemini agradeceu a paciência e o apoio dos clientes.

“Como administradores responsáveis do ecossistema cripto, sabemos que nossos clientes valorizam a capacidade de manter seus ativos digitais durante as altas e baixas dos ciclos do mercado cripto”, escreveu a Gemini. “Ser capaz de devolver ativos em uma base de moeda por moeda para nossos clientes foi fundamental para nós.”

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Placa com o logotipo da b3

B3 começa a negociar contrato futuro de Bitcoin nesta quarta-feira

Contrato futuro de Bitcoin será equivalente a 100 do valor da criptomoeda em reais e terá vencimento mensal, informou a Bolsa de Valores
Imagem da matéria: Exchange de futuros da Solana, Drift vai distribuir 100 milhões de tokens para traders de DeFi

Exchange de futuros da Solana, Drift vai distribuir 100 milhões de tokens para traders de DeFi

Em conjunto com o lançamento do Drift DAO, a Fundação irá distribuir gratuitamente 10% do fornecimento total de tokens DRIFT na Solana
Imagem da matéria: Transfero se une à Fuse Capital e lança joint venture para modernizar mercado financeiro com blockchain

Transfero se une à Fuse Capital e lança joint venture para modernizar mercado financeiro com blockchain

BRX Finance busca aproveitar as potencialidades da blockchain para criar uma infraestrutura financeira mais eficiente, acessível e transparente para todos os brasileiros
Imagem da matéria: Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Steven Nerayoff alega ter sido vítima de provas fabricadas em um suposto caso de extorsão de 10.000 ETH