Imagem da matéria: Fundo a16z usa poder para influenciar votação dentro da Uniswap e revolta comunidade
Foto: Shutterstock

É mais um dia de surpresas com experimentos de governança no setor cripto. 

Dessa vez, a Uniswap foi o foco de uma nova proposta polêmica de implementar o protocolo de negociação na BNB Chain.

Publicidade

Mais especificamente, alguns analistas questionaram pontos estruturais e estão preocupados com a emergência de uma baleia influente no processo de governança do projeto. 

Essa baleia é o fundo de capital de risco Andreessen Horowitz, ou a16z, que implantou todos os 15 milhões de seus tokens UNI para votar contra a proposta atual. O UNI é o token nativo da Uniswap, que funciona como um token de governança, permitindo que os usuários votem em propostas-chave.

Esta não é a primeira vez que a a16z é acusada de ser uma força centralizadora nas finanças descentralizadas — apesar das suas tentativas de diversificar a sua influência na governança de protocolos DeFi, delegando o seu poder de voto a várias startups e universidades.

A principal afirmação da empresa que desencadeou sua última votação usando todos seus tokens parece ser menos sobre a implantação real na BNB chain, e mais sobre os meios pelos quais essa implantação ocorreria. 

A proposta atual sugere o uso da “ponte” Wormhole, enquanto a a16z sinalizou na fase de “controle da temperatura” da governança, que preferiria utilizar o LayerZero — um protocolo-ponte apoiado pela empresa de capital de risco. 

A Wormhole é apoiada atualmente por outra empresa chamada Jump Crypto — que ainda precisa votar na atual proposta.  As pontes cripto permitem que os usuários movam criptomoedas não nativas de uma blockchain para outra. 

Acontece que o Cripto Twitter está dividido sobre essa votação de governança. A votação pesada da a16z gerou um debate acalorado por lá.

Publicidade

“O conluio Uniswap/a16z/Paradigm é a pior coisa que existe em DeFi hoje, tente mudar minha opinião”, escreveu o usuário @safetyth1rd.

O CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, questionou sua audiência de 8,1 milhões de seguidores: “A Uniswap é controlada pela a16z?”

O pesquisador de DeFi, Chris Blec, também disse que “os cartéis anticoncorrenciais no DeFi são reais”, em resposta à votação maciça da a16z. Em outro tweet, ele afirmou que a “a16z é praticamente dona do protocolo Uniswap” e a empresa “decidirá como serão as futuras versões” do projeto. 

“Talvez vocês ainda não tenham entendido, detentores de UNI. Deixe-me soletrar para você: a16z É DONA do protocolo Uniswap. Eles são os PROPRIETÁRIOS CONTROLADORES do protocolo. ELES decidirão como serão as futuras versões da Uniswap. ELES controlam o tesouro. Isso é deles. Não é teu. Capeesh?

Entretanto, outros tomaram uma posição muito diferente: o cofundador da Tornado Cash, Roman Semenov, disse que ele não “vê nada de errado” e que “é assim que um mercado livre deve funcionar”. 

Publicidade

O usuário DegenSpartan tweetou que o voto maciço da empresa de capital de risco “não é um bug, mas sim um recurso”, afirmando também que “se você quer mais votos, precisa comprar mais criptomoedas”. 

“Ninguém disse que era uma democracia? a “vontade da comunidade” é a vontade de qualquer cartel ou baleia que tenha a maioria de votos, não a vontade do campesinato repugnante”, escreveu @DegenSpartan.

Próximos passos para a votação da Uniswap

A votação está longe de terminar: o prazo final é 10 de fevereiro, e hoje a batalha da governança transformou-se consideravelmente. 

Embora 15 milhões de tokens UNI sejam uma soma pesada, esse montante representa cerca de 2% da oferta circulante atual do ativo e 1,5% da oferta total.

Dessa forma, a extensão do suposto controle da a16z sobre a Uniswap pode ter sido exagerada quando seus 15 milhões de votos “não” foram inicialmente a maioria de todos os votos expressos. 

Publicidade
Peso de votos da proposta “Implantar Uniswap V3 na BNB Chain” desde 6 de fevereiro (Fonte: Tally)
Peso de votos da proposta “Implantar Uniswap V3 na BNB Chain” desde 6 de fevereiro (Fonte: Tally)

Nas últimas 24 horas, os votos de várias outras baleias — como 5,76 milhões de Robert Lesher da Compound Labs, 4,92 milhões da GFX Labs e 3,5 milhões da Blockchain at Michigan — contrabalançaram o posicionamento da a16z, com a contagem atual da proposta por volta de 62% a favor e 38% contra.

Então, será que a a16z REALMENTE controla a Uniswap? Parece que não é bem assim.

* Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

  • Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Evento Ethereum Rio ocorre entre os dias 13 e 15 de maio no Porto Maravalley, Rio de Janeiro
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
várias criptomoedas stablecoins sob uma mesa

Menos de 10% das transações com stablecoins são de usuários reais, diz Visa

Dados da Visa mostram que mais de 90% das transações com stablecoins foram feitas por robôs ou traders de grande escala
Estátua da justiça e martelo de juiz à frente de bandeira do Canadá

Canadá multa Binance em R$ 22,5 milhões por violar as leis de combate à lavagem de dinheiro 

Agência do governo menciona falta de registro e ausência de relatório de transações enquanto corretora operou no país