Fintech vai permitir usar Reais para comprar frações de ações da Tesla, Google e outras

Fintech vai permitir usar reais para comprar frações de ações da Tesla, Google e outras
Foto: Shutterstock


A fintech americana Uphold anunciou que a partir desta quinta-feira (25) vai permitir o uso de reais na compra de frações de ações de companhias americanas através da Uphold International Equities. Segundo comunicado de imprensa, bastam apenas US$ 1 (cerca de R$ 5) para que o cliente invista em empresas populares como Google, Facebook e Amazon

De acordo com a empresa, os investidores também podem negociar diretamente entre mais de 100 ações suportadas. “Você pode até mesmo ir de bitcoin a Tesla em um negócio”, diz a nota.

Dentre as ações suportadas, a empresa citou moedas, metais e criptomoedas “num modelo sem comissão que reduz os custos de negociação e elimina taxas ‘ocultas, escreveu.

Entende-se por estas taxas, aquelas cobradas por inatividade, manutenção de conta e taxas de câmbio cobradas pela maioria das plataformas, diz a nota.

“Os usuários podem negociar em uma única etapa, economizando tempo e dinheiro em comparação com as plataformas que exigem que os valores sejam primeiramente convertidos em dólares”, explicou a empresa.

Fintech democratizar o acesso a ações 

Segundo a empresa, há tempos o mercado de ações americano tem servido como um mecanismo confiável na criação de riqueza a longo prazo para milhões de americanos.

No entanto, investir nos EUA se torna caro e isso distancia pessoas de outras partes do mundo. E foi pensando nisso que a empresa resolveu facilitar para os investidores latino-americanos, “democratizando o acesso ao maior mercado de ações do mundo”. 



Outro ponto, diz a Uphold, é o preço das ações. Conforme explicou, uma ação da Amazon, por exemplo, é negociada em cerca de US$ 2.400 (cerca de R$ 13 mil). “Muitas vezes o salário médio mensal em alguns países”, escreveu. (Vale lembrar que o salário mínimo atual no Brasil equivale a cerca de US$ 200).

JP Thieriot, cofundador e CEO da Uphold, ressaltou que muitos dos clientes latino-americanos usam a Uphold para proteger sua riqueza dos efeitos devastadores da desvalorização da moeda. Para ele, a adição de ações de empresas americanas fornece uma nova e importante opção de investimento.

“Estamos orgulhosos de fornecer condições iguais para que as pessoas em praticamente qualquer lugar possam investir o máximo ou o mínimo possível e obter uma participação que aumenta ou diminui de valor com, por exemplo, o preço das ações da Amazon”, disse Thieriot na nota.

Sobre a Uphold

Com sede na Califórnia (EUA), a Uphold, Inc. opera como uma plataforma de investimentos e de pagamento a consumidores e negócios e conversão cripto/fiat. Ela permite aos usuários adicionar fundos à sua conta através de transferências bancárias, cartões de crédito e débito e bitcoins.

A empresa oferece um sistema baseado em nuvem (Web, iOS e Android), possui 2,25 milhões de clientes em todo o mundo e afirma já ter negociado mais de US$ 6 bilhões.

Segundo a empresa, os serviços de ações são oferecidos pela Uphold International Equities, Inc., registrada nas Ilhas Seychelles (África Oriental). Portanto, é necessário saber de certas restrições conforme as jurisdições.

A Uphold diz que não fornece consultoria para investimentos. Afirma também que não endossa nenhum investimento específico e que “o investimento em ações é considerado uma atividade de alto risco que pode levar à perda de todo o capital investido”.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br