Imagem da matéria: Fazendeiro do Reino Unido usa esterco de vaca em mineração de ethereum
O fazendeiro inglês Philip Hughes (ao centro) e o empresário Josh Riddett. Ambos usam digestão anaeróbia para gerar energia. Foto: Reprodução

O fazendeiro inglês Philip Hughes e sua família cultivam a terra há gerações, mas agora ele está se voltando para a mineração de ethereum motivada por um custo-benefício um tanto incomum no mercado de criptomoedas, que é usar o esterco de vaca para alimentar as mineradoras. É o que conta a BBC em uma reportagem publicada na quarta-feira (09).

“É cocô de vaca”, diz Hughes ao se referir ao que move suas mineradoras. Segundo a reportagem, o fazendeiro nem usa toda a eletricidade gerada no processo com o esterco, chamado ‘digestão anaeróbia’ — cerca de dois terços alimentam toda a fazenda e a outra parte vai para as máquinas.

Publicidade

Outro empresário que também está se dando bem com a transformação do ‘coco de vaca’ é o inglês Josh Riddett. Ele está minimizando os custos de sua empresa de mineração de criptomoedas Easy Crypto Hunter através do mesmo processo de digestão anaeróbia, diz a reportagem do Market Watch desta quinta-feira (10).

Mas como funciona esta transformação? De acordo com informações no site da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a digestão anaeróbia é um processo fermentativo que ocorre através da ação de microorganismos que interagem simultaneamente até a formação dos produtos finais, como metano e gás carbônico.

Riddett, que mantém sua empresa Easy Crypto Hunter desde 2017 em uma área industrial de Manchester, conquistou um nicho de vendas de equipamentos para agricultores movidos a energia renovável, como a digestão anaeróbica.

Em resumo, além de economizar, agricultores e empresários com fontes de energia renováveis, ​​como a de digestão anaeróbica, podem gerar uma receita passiva ao vender de volta o excesso de eletricidade para as empresas de energia. No caso de Riddett, ele ganha até 10 vezes mais operando uma máquina de mineração de criptomoedas, diz a reportagem.

Publicidade

Mineração de ethereum

As máquinas de mineração de Riddett, contudo, são configuradas para minerar ethereum (ETH) e ravencoin (RVN), dentre outras criptomoedas, com exceção ao bitcoin, pois segundo ele, as outras criptomoedas usam muito menos energia. “E embora o consumo de energia da mineração de Ethereum seja alto, é significativamente menor do que a mineração de Bitcoin”, comentou a BBC.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: SEC abre consulta pública para analisar propostas de ETFs de Ethereum

SEC abre consulta pública para analisar propostas de ETFs de Ethereum

O prazo para a SEC tomar decisões finais sobre algumas das aplicações de ETF de Ethereum é 23 de maio
Imagem da matéria: Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Steven Nerayoff alega ter sido vítima de provas fabricadas em um suposto caso de extorsão de 10.000 ETH
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

ETF de Ethereum tem 50% de chance de ser aprovado em maio, diz JP Morgan

O gigante bancário é o último a reduzir suas expectativas em relação à revisão das propostas da SEC para oferecer fundos vinculados ao preço do ETH