Mão de criminoso com luva preta saindo da tela de notebook em golpe financeiro na internet
Hacker furtou R$ 500 mil em Bitcoin de brasileiro (Foto: Shutterstock)

A Fantom Foundation, entidade ligada à blockchain de mesmo nome, informou que sua carteira de criptomoedas sofreu nesta terça-feira (17) um ataque que resultou em prejuízos de mais de R$ 3 milhões em diferentes ativos. A invasão explorou uma suposta brecha do Google Chrome para drenar os fundos. 

As informações foram divulgadas no X pela Certik, empresa especializada em segurança de blockchain. Os analistas estimam que foram roubados o equivalente a R$ 2,3 milhões em Fantom (FTM), o token nativo da blockchain, e R$ 942 mil em Ethereum (ETH). 

Publicidade

As criptomoedas foram enviadas inicialmente para uma carteira que já possuía R$ 35 milhões em Ethereum. 

No momento da redação, o token FTM sofre uma queda de 6% nas últimas 24 horas, sendo negociado a US$ 0,17, segundo o CoinGecko.

No Telegram, um administrador da fundação informou que a entidade está rastreando para onde os fundos estão sendo levados. No X, a empresa revelou que o roubo deve ter sido possível por conta de um hack de dia zero através do navegador Google Chrome. “Dia zero” se refere a um ataque que explora uma vulnerabilidade ainda desconhecida pela vítima.

“Houve exploração de dia zero no Chrome e, por causa disso, parte da carteira da fundação Fantom foi drenada. As perdas do Fantom foram de centenas de milhares de dólares e estamos monitorando ativamente os movimentos de fundos perdidos”, disse a fundação. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

A CVM multou a pirâmide financeira Atlas Quantum após identificar indícios “robustos e consistentes” de que tudo não passava de uma operação fraudulenta
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

A volta do hype da GameStop desencadeou a criação de milhares de memecoins – uma delas saltou 1.900% na tarde passada
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos