Imagem da matéria: Família Bitcoin se muda para Portugal para não pagar impostos sobre criptomoedas
Conhecida Família Bitcoin mudou de país (Foto: Divulgação)

‘The Bitcoin Family’, como ficou conhecida a família holandesa que vendeu tudo e comprou bitcoins para viverem como nômades, agora vai se estabelecer em Portugal. O motivo, revelou o patricarca Didi Taihuttu, foi para fugir de impostos sobre criptomoedas.

“Com criptomoedas, você não paga nenhum imposto sobre ganhos de capital ou qualquer outra coisa em Portugal”, disse Taihuttu à CNBC em reportagem no domingo (06). “Desde que não ganhe criptomoeda por prestar serviços em Portugal, está livre”, acrescentou ele.

Publicidade

Taihuttu, cuja família já passou por mais de 40 países, se referiu ao imposto zero em criptomoedas em Portugal, pois a legislação até o momento no país vê as criptomoedas como forma de pagamento.

“Se você ganha criptomoedas prestando serviços em Portugal, você precisa pagar imposto sobre elas, mas eu não ganho nada no momento em Portugal. Então, para mim, é 0% de imposto”, explicou à reportagem Taihuttu.

Essa distinção, comentou a CNBC, é um divisor de águas no que diz respeito aos impostos. Isso porque muitos países já taxam ganhos sobre capital com criptomoedas, como ocorre nos EUA, que cobra até 37% em ganhos de capital de curto prazo e até 20% em ganhos de longo prazo.

“Esse é um paraíso de bitcoin muito bonito”, disse Taihuttu que vive com sua esposa e suas três filhas. Segundo ele, outras pessoas da família podem chegar em breve ao país, pois seu irmão e irmã estão vendendo suas casas e investindo tudo embitcoin.

Publicidade

“Todos nós estaremos viajando juntos como uma grande família bitcoin, o que é muito legal”, disse Taihuttu, que em agosto do ano passado revelou que suas carteiras hardware de criptomoedas estão escondidas em lugares secretos em quatro continentes.

Família Bitcoin pelo mundo

A jornada da Família Bitcoin começou quando em 2017 eles venderam sua empresa, casa, carros e até mesmo os brinquedos infantis por bitcoins para dar início ao sonho ‘multimilionários em 2020’.

A família lucrou com a alta estratosférica do bitcoin em 2017, quando a criptomoeda saiu de US$ 800 no início do ano para US$ 20.000 em dezembro. O objetivo original era vender os bitcoins em 2020 e depois reinvestir quando o preço caísse novamente.

Taihuttu e família passaram por cerca de 40 países, onde criaram projetos financiados por criptomoedas para ajudar os pobres, bem como sua própria marca de produtos. A Família Bitcoin documenta toda sua jornada em vídeos no Youtube.

VOCÊ PODE GOSTAR
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”