Imagem da matéria: Fã de Bitcoin, Nayib Bukele comemora reeleição como presidente de El Salvador
Nayib Bukele, o presidente de El Salvador (Foto: Reprodução/Presidencia de la República de El Salvador)

Em um significativo desenvolvimento político, Nayib Bukele, conhecido por sua postura pró-Bitcoin, foi reeleito presidente de El Salvador no domingo (4), apontam resultados parciais.

Assim que as pesquisas indicaram que Bukele teve 87% das intenções de voto, ele declarou sua própria vitória nas redes sociais, antes do resultado oficial.

Publicidade

Desde que assumiu o cargo em 2019, Bukele tem chamado a atenção por suas políticas voltadas para a redução da violência de gangues e a adoção do Bitcoin como moeda legal — uma medida pioneira e controversa globalmente.

A introdução da carteira cripto Chivo por sua administração e o investimento em Bitcoin destacaram seu compromisso com a criptomoeda. Apesar da escrutínio internacional, especialmente do FMI, a reeleição de Bukele com mais de 85% dos votos reflete um amplo apoio doméstico.

Espera-se que seu próximo mandato concentre-se na integração ainda maior do Bitcoin na economia do país, incluindo o lançamento de “títulos Volcano” lastreados em Bitcoin para financiar a mineração de BTC com energia renovável. A liderança de Bukele continua a posicionar El Salvador na vanguarda da adoção de criptomoedas entre os Estados-nação.

Um “Título Volcano”, também conhecido como “Bitcoin Bond”, é um instrumento financeiro proposto pelo governo de El Salvador. O conceito foi introduzido como parte da iniciativa mais ampla do país para abraçar criptomoedas, especialmente o Bitcoin, como moeda legal — uma medida que El Salvador adotou em setembro de 2021, tornando-se o primeiro país do mundo a fazê-lo.

Publicidade

Entretanto, ter o Bitcoin como moeda legal introduziu algumas complicações para os residentes. Quando as taxas de transação do Bitcoin dispararam para máximas de dois anos devido ao aumento da popularidade das inscrições Ordinals, as pessoas em El Salvador de repente acharam proibitivamente caro processar pagamentos com BTC.

Um usuário do país apontou no Twitter que tentar enviar US$ 100 na época teria custado US$ 20 em taxas.

As taxas do Bitcoin são propensas a aumentar durante períodos de uso intenso, pois cada transação precisa ser verificada por um minerador. E quando há muitas transações aguardando, o custo para processar uma transação rapidamente pode disparar.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETF de Bitcoin da BlackRock estreou hoje na B3; veja como investir

BDR do ETF de Bitcoin à vista da BlackRock lançado nos EUA já está disponível para investidores de todos os tipos no Brasil
Bandeira com o logotipo da Coinbase se mov eao ar l ivre

Coinbase apoia ETF de Ethereum da Grayscale: ‘Virtualmente idêntico a ETFs de Bitcoin’

Citando a configuração técnica e a capitalização de mercado do Ethereum, a Coinbase acredita que a SEC deveria aprovar um ETF spot de ETH
gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss

Grupo político Fairshake recebeu US$ 6,8 milhões dos gêmeos Winklevoss e VCs em janeiro

Outros doadores da super PAC Fairshake incluíram empresas de capital de risco como a Electric Capital e Blockchain Capital
Imagem da matéria: Fundador do 'Axie Infinity' sofre hack de US$ 9,5 mi em Ethereum

Fundador do ‘Axie Infinity’ sofre hack de US$ 9,5 mi em Ethereum

Ao todo, cerca de 3.250 ETH (US$ 9,5 milhões) foram roubados das carteiras da rede Ronin e enviados para três carteiras Ethereum separadas