Imagem da matéria: EUA x Rússia: Invasão Hacker Nas Eleições de 2016 foi Financiada em Bitcoins, Diz Justiça Americana

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) acusou nesta sexta-feira (13) 12 supostos espiões russos de interferirem nas eleições presidenciais americanas em 2016. Segundo a publicação, R$ 95 mil em bitcoins foram usados na ação para compra de serviços de internet.

De acordo com o documento assinado pelo Promotor Especial da DOJ, Robert S. Mueller, a acusação é de que agentes da agência de inteligência do governo russo (GRU) cometeram crimes federais que tinham a intenção de causar danos à candidata do Partido Democrata Hillary Clinton.

Publicidade

Mueller, que já foi chefe do FBI, é responsável pela investigação de uma suposta trama entre russos e coordenadores da campanha presidencial de Donald Trump. Ele mostra detalhes minuciosos da ação dos agentes russos que trabalham nas Unidades 26165 e 74455.

O documento afirma que entre 14 de março e 28 de abril de 2016, os conspiradores, que também usaram identidades falsas, utilizaram Bitcoin nas compras de servidores e domínios na Malásia e redes privadas (VNP) e assim hackearam o comitê Democrata daquele ano.

O processo foi usado, então, pela turma do 26165 para roubar e-mails, documentos e monitorar secretamente a atividade de computadores do comitê de Clinton. Já a turma do 74455 ficou responsável pela divulgação dos documentos.

Na internet, os invasores alegavam ser “hacktivistas americanos” e usavam contas do Facebook com nomes fictícios e contas no Twitter para promover o site.

Publicidade

“Esses oficiais se empenharam para invadir as redes de computadores do Comitê da campanha presidencial de Hillary Clinton e divulgaram informações na Internet sob os nomes ‘DCLeaks’ e ‘Guccifer 2.0’ e através de outra entidade”, diz o comunicado do DOJ.

A inteligência dos EUA concluiu, então, que a Rússia interferiu no processo eleitoral norte-americano de 2016 para arruinar a campanha da candidata democrata, Hillary Clinton.


BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/

VOCÊ PODE GOSTAR
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar
Vitalik-Buterin-Ethereum

Vitalik explica o motivo dos “Grandes Blocos” terem perdido guerra de escalabilidade do Bitcoin

Criador do Ethereum revisitou a “guerra do tamanho dos blocos do Bitcoin”, repensando sua aliança com o campo “grande bloco”
Imagem de Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin

Gilmar Mendes mantém prisão de Glaidson Acácio dos Santos, criador da GAS Consultoria

A defesa do ‘Faraó do Bitcoin’ alegou problemas psiquiátricos e uso de medicamento controlado, além de questionar a jurisdição acerca da competência para os processos
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senado do Paraguai aprova lei que pune com até 10 anos de prisão mineradores de criptomoedas que roubam eletricidade 

Para o relator Ever VIllalba, o PL não criminaliza a mineração de criptomoedas, mas as leis devem ser adaptadas ao setor; PL seguirá para a Câmara dos Deputados