Imagem da matéria: Para ex-FED, EUA Deveriam Pensar em Criar “Rival” do Bitcoin
Prédio da Banco Central dos Estados Unidos (Foto: Wikimedia Commons)

Um ex-diretor do FED, o banco central nos Estados Unidos (EUA), acredita que o órgão deveria apoiar a criação de uma criptomoeda para rivalizar com o Bitcoin. A afirmação é de Kevin Warsh, um alto executivo da instituição entre 2006 e 2011, em entrevista ao jornal The New York Times.

“A maioria dos bancos centrais acredita que esses ativos criptográficos são inteligentes, assim como jovens o fizeram, e isso é legal ou arriscado”, disse.

Publicidade

Warsh foi cotado para assumir o FED em 2017, quando o presidente Donald Trump escolheu nomear Jerome Powell. Caso tivesse assumido ao cargo, ele disse que criaria uma equipe para pensar em um “FedCoin”.

O ex-chefe disse também ao NYT que um “bitcoin do Fed” seria uma forma de o banco ter possibilidade de regular moedas digitais e gerenciar crises.

“Não que isso suplantasse e substituísse o dinheiro, mas seria uma maneira bastante eficaz quando a próxima crise acontecer para nós talvez conduzirmos a política monetária”.

Ele acrescenta que a tecnologia blockchain poderia ser útil em sistema de pagamento operados pelo FED, como os que permitem transferências de trilhões de dólares entre bancos.

Publicidade

O interesse de Warsh em criptomoedas não é por acaso. Segundo reportou o portal CCN, ele também está entre o grupo de investidores da Basis, uma criptomoeda criada com um banco central algorítmico que vai manter seu preço estável. Ele também é pesquisador visitante na Hoover Institution, da Universidade de Stanford.

Tendência?

A ideia de Warsh pode ainda ser isolada, mas já há autoridades em outros bancos centrais estudando formas de entrar no jogo das criptomoedas, mesmo com grandes ressalvas. Entre eles estão a MAS (sigla para Autoridade Monetária de Cingapura) e o Bank of England.

O próprio Powell, atual chefe do FED, reconhece potenciais aplicações das moedas digitais, embora mantenha ressalvas, como reportou a CNBC em novembro de 2017, quando foi confirmado no cargo.

“Não tenho nada contra o Bitcoin. Geralmente observamos alguns dos riscos das criptomoedas associadas à lavagem de dinheiro e problemas desse tipo, mas não somos amplamente contrários ou apoiadores de moedas alternativas”.

Publicidade

Cobertura Bitconf VI

Para ficar por dentro de tudo que aconteceu na Bitconf VI São Paulo 2018, o Portal do Bitcoin criou uma página especial com matérias, fotos e vídeos. Acesse: https://portaldobitcoin.uol.com.br/cobertura-bitconf-vi/

 

BitcoinTrade

Comprar e vender Bitcoin e Etherium ficou muito mais fácil. A BitcoinTrade é a plataforma mais segura e rápida do Brasil. Além disso, é a única com a certificação de segurança PCI Compliance. Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android: https://www.bitcointrade.com.br/

VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin e ethereum em grafico vermelho de queda

Bitcoin e Ethereum passam a cair e provocam liquidações de US$ 150 milhões

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum despencaram na manhã de sexta-feira (10), provocando uma onda de liquidação de longo prazo
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares