Imagem da matéria: "Eu usei meu auxílio emergencial para comprar bitcoin e lucrei 40 reais"
O estudante Raimundo Rodrigues acredita que o bitcoin é anti-inflação (Foto: Arquivo Pessoal)

Quando o estudante de técnico em enfermagem Raimundo Nonato Rodrigues Filho recebeu o seu auxílio emergencial (apelidado de coronavoucher), o dinheiro já tinha um destino planejado: comprar bitcoin.

No dia 4 de maio, a Caixa Econômica Federal lhe pingou na conta os R$ 600. Então, o morador de São Luís do Maranhão começou a operação.

Publicidade

“Minha intenção era me proteger da inflação”, disse Rodrigues ao Portal do Bitcoin.

Para comprar a criptomoeda, ele conta ter montado uma operação de guerra. Depois da Caixa, ele transferiu o dinheiro para uma conta no banco Inter às 10h08 do mesmo dia.

“Fiz primeiro um pagamento em boleto no app do Caixa Tem para não pagar taxa de transferência no Inter. Depois disso, mandei para a minha conta no Alterbank”, disse.

Como resultado comprou 0,01196903 BTC, que acabou sacando um dia depois. Resultado: lucrou R$ 40.

“Me afobei e saquei cedo demais. Poderia ter saído com R$ 690 se tivesse esperado mais”, disse.

Embora tenha dito que queria se proteger da inflação, ele também queria aproveitar para comprar na baixa. Mas ele também sacou o dinheiro e o depositou na sua conta bancária.

Vai precisar usá-lo para pagar as contas do dia a dia, do supermercado, etc. “Aqui onde eu moro é tudo inflacionado pelo ICMS”, disse.

Publicidade
Aplicativo do Alterbank

Próximo auxilio emergencial

Rodrigues contou que conheceu o bitcoin quando a moeda estava em torno dos US$ 1 mil, mas que não conseguiu comprar porque não tinha dinheiro na época: “Eu estava desempregado. Não tinha como”.

Embora tenha usado o bicoin como uma válvula de escape, ele não o vê como um investimento. “O fundamento real do bitcoin é ser moeda”, acredita.

Ele não comentou sobre a compra com a família mas avisou os amigos, lembrando-os de tomarem cuidado com as promessas das pirâmides financeiras.

O morador de São Luís agora aguarda a chegada da segunda parcela do auxílio emergencial, que deve chegar no dia 12 de maio. O destino já é certo:

Publicidade

“Vou esperar o halving, que deve ter uma leve queda e daí vou comprar mais bitcoin”.


BitcoinTrade: O halving está chegando, aproveite o momento!
Confira agora o cronômetro oficial para o Halving! Falta menos de uma semana!
Cadastre-se na BitcoinTrade e posicione-se!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Queda de 4% leva o Bitcoin abaixo de US$ 60 mil e provoca liquidações de US$ 307 mi

Manhã Cripto: Queda de 4% leva o Bitcoin abaixo de US$ 60 mil e provoca liquidações de US$ 307 mi

É a primeira vez desde o início de maio que o Bitcoin apresenta uma cotação tão baixa
Imagem da matéria: Tap-to-Earn: Conheça a nova forma de ganhar tokens de graça no Telegram

Tap-to-Earn: Conheça a nova forma de ganhar tokens de graça no Telegram

Os jogos “tap-to-earn” (toque para ganhar) no Telegram estão chamando a atenção das massas; veja como os jogadores estão ganhando com os airdrops de tokens
Carteira de couro aberta mostra várias criptomoedas físicas

As 9 criptomoedas que podem disparar em julho

Analistas ouvidos pelo Portal do Bitcoin indicam quais criptomoedas têm potencial de alta para o mês de julho
Imagem da matéria: Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX

Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX

O recuo substancial do preço do Bitcoin desde março prejudicou a renda do setor de mineração em geral