Imagem da matéria: “Eu tenho um pouco de bitcoin”, diz guru dos investimentos Ray Dalio
Ray Dalio em palestra do TED Talks (Foto: Bret Hartman/TED/Divulgação)

O veterano dos investimentos Ray Dalio, fundador da Bridgewater Associates, afirmou nesta segunda-feira (24) que possui bitcoin. “Eu tenho um pouco de bitcoin”, disse, durante a conferência Consensus, um evento sobre o mercado de criptomoedas organizado pelo Coindesk.

Dalio, que é um antigo crítico do bitcoin, afirmou também que em um cenário inflacionário prefere bitcoin a títulos.

Publicidade

O comentário de Dalio, contudo, não serve apenas para demonstrar seu otimismo ao bitcoin, mas também para para expressar pessimismo sobre o dólar, comentou o Coindesk. Para Dalio, o dólar americano está à beira da desvalorização em um nível visto pela última vez em 1971 e que a China está ameaçando o papel do dólar como moeda de reserva mundial — diga-se o yuan digital.

Segundo ele, em tal ambiente, o bitcoin, com suas propriedades semelhantes ao ouro, parece cada vez mais atraente como veículo de poupança.

Antigo crítico do bitcoin

Dalio é gestor do maior fundo de hedge do mundo com US$ 101,9 bilhões em ativos. Sob sua gestão, a Bridgewater se tornou a quinta empresa mais importante dos Estados Unidos, segundo a Fortune. O gestor também é o autor de best sellers e considerado guru no setor de investimentos.

Depois de expressar ceticismo sobre a criptomoeda em novembro, Dalio começou a mudar de ideia neste ano. Em janeiro ele disse: “Acredito que o Bitcoin é uma invenção incrível. Existe a possibilidade de que o bitcoin e seus concorrentes possam preencher essa necessidade crescente” de uma reserva alternativa de valor”, postou no LinkedIn.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Saídas líquidas de ETFs de Bitcoin atingem US$ 200 milhões antes da reunião do FOMC

Saídas líquidas de ETFs de Bitcoin atingem US$ 200 milhões antes da reunião do FOMC

Os participantes do mercado esperam que o Federal Reserve mantenha a taxa de juros inalterada, mas os investidores ainda parecem cautelosos
moeda e notas pendurada em um varal

Operação contra maior milícia do RJ revela que suspeitos compravam Bitcoin para lavar dinheiro

Fonte do dinheiro movimentado pelos suspeitos seria oriundo de grilagem de terras, extorsão contra comerciantes e exploração do transporte
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Bernstein eleva projeção e vê Bitcoin em US$ 200 mil até 2025

Para o longo prazo, os analistas preveem que cada Bitcoin pode valer US$ 500 mil até o final de 2029 e US$ 1 milhão até 2033
Jerome Powell, presidente do Fed, mostrado em tela de computador

Bitcoin cai para a casa dos US$ 67 mil após Fed manter taxa de juros

Jerome Powell afirmou que a busca do banco central dos EUA pela meta de 2% de inflação ainda não acabou