Ethereum ultrapassa US$ 300 e registra maior preço dos últimos 10 meses
(Foto: Shutterstock)

O Ethereum está sendo negociado agora por mais de US$ 646, uma nova máxima anual e seu nível mais alto desde maio de 2018. No Brasil, o preço já supera os R$ 3,2 mil.

A segunda maior criptomoeda em valor de mercado depois do Bitcoin, a ETH subiu quase 10% no último dia e 33% no último mês. Ao longo deste ano, o seu valor percebido aumentou 355%.

Publicidade

De fato, no início do ano, o ativo estava sendo negociado a menos de US$ 140 e afundou para uma baixa anual de cerca de US$ 110 em março, quando a pandemia COVID levou ao desligamento das economias mundiais.

Esses dias ficaram para trás. O Ethereum teve, em termos percentuais, um desempenho melhor do que o Bitcoin este ano. Porém, ao contrário do Bitcoin, o Ether ainda está bem longe de seu recorde histórico de US$ 1.392, alcançado em 12 de janeiro de 2018, quando o Bitcoin estava lentamente saindo do pico de preço de dezembro de 2017.

Durante o período de 2017, o CME e o Cboe introduziram a negociação de futuros de Bitcoin, o que pode ter ajudado a perpetuar o movimento de alta dos preços – pelo menos no curto prazo. Ainda hoje, o CME anunciou a negociação de futuros de Ethereum, que deve começar em fevereiro de 2021.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Integrar as dezenas de redes de segunda camada é o próximo grande passo, tanto para programadores quanto usuários finais
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

ETFs de Ethereum: aqui estão todas as solicitações aguardando aprovação da SEC

O prazo de decisão da SEC para os produtos propostos com Ethereum varia de final de maio a início de agosto