Imagem da matéria: ETF de Bitcoin tem 75% de chance de ser aprovado ainda este ano, dizem analistas
Foto: Shutterstock

A vitória judicial da Grayscale ontem aumentou o otimismo para a aprovação de um fundo negociado em bolsa (ETF) de Bitcoin à vista (spot) este ano.

Os especialistas em ETF da Bloomberg, Eric Balchunas e James Seyffart, agora dão 75% de chance de aprovação até o final do ano.

Publicidade

Esta manhã, a dupla aumentou as chances de aprovação em 2023 de 65% no início de agosto.

A vitória da Grayscale contra a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) ontem, que viu um tribunal de DC considerar as razões da comissão para negar o produto da empresa de criptomoedas como “ilegais”, foi fundamental para a mudança de sentimento.

A SEC já viu uma nova onda de aplicações de ETFs de Bitcoin spot desde maio, liderada pela BlackRock.

Agora, o prazo para a avaliação de seis pedidos termina neste fim de semana.

Prazo final para os pedidos de ETF de Bitcoin à vista já feitos (fonte: Bloomberg Intelligence)

O período de revisão padrão da SEC para propostas de ETF é de 240 dias após terem sido adicionadas ao registro federal.

No entanto, o prazo não é definitivo, pois a SEC pode estendê-lo se precisar de mais tempo para analisar um pedido.

O regulador financeiro já aceitou formalmente o pedido de ETF da BlackRock e adicionou-o ao registo federal em 19 de julho, dando início ao período de revisão.

Publicidade

Outros pedidos de ETF também foram feitos após o da BlackRock, provavelmente por isso que a SEC as adicionou ao registro federal na mesma época. O período de revisão de 240 dias para essas solicitações terminará na segunda semana de janeiro de 2024.

Durante o período de revisão, a SEC possui prazos específicos para a tomada de decisões. Esses prazos geralmente ocorrem em intervalos de 45, 60 e 90 dias dentro desse período de 240 dias.

A SEC pode aprovar o ETF, negá-lo ou estender o período de revisão.

O primeiro prazo vence neste sábado, 2 de setembro, segundo ambos os analistas da Bloomberg. A análise da BlockRock segue cinco outros pedidos: da VanEck, Wisdom Tree, Invesco, Fidelity e Bitwise antes do final da semana.

A Bitwise, que reapresentou seu pedido de ETF em 28 de junho deste ano, terá uma revisão um dia antes do pedido de ETF da BlackRock em 1º de setembro.

Publicidade

A SEC adiou recentemente sua decisão sobre o pedido de ETF Bitcoin da ARK Investment, dizendo que precisava de mais tempo antes de aprovar ou negar o pedido.

Ao obter luz verde do regulador, “as chances aumentaram” desde a decisão da Grayscale, disse Tim Bevan, CEO do Grupo ETC, ao Decrypt, “mas a SEC ainda pode apelar ou negar pedidos por outros motivos”.

Bevan aposta que o mercado verá um ETF Bitcoin no quarto trimestre deste ano ou no início do próximo.

“É uma grande vitória para a indústria e para o mercado em geral, já que as chances de lançamento de um ETF fisicamente replicado aumentaram muito”, disse o diretor comercial da Deribit, Luuk Strijers, ao Decrypt. “Um ETF spot é muito mais limpo, mais fácil de entender e tem menos erros de rastreamento, o que beneficia todos os envolvidos”.

Próximas etapas para um ETF de Bitcoin

O analista de pesquisa da Bloomberg Intelligence, James Seyffart, tuitou após a decisão do tribunal que é uma “repreensão completa e absoluta de todas as ordens de negação de ETF de Bitcoin à vista da SEC”.

Seyffart acrescentou que “não há espaço de manobra” para a SEC, já que o tribunal “rejeitou” todos os seus argumentos. “Mas a decisão vai voltar para a SEC. O que a SEC pode fazer?”.

Publicidade

O analista de ETF, Eric Balchunas, disse que o “ego do presidente da SEC, Gary Gensler, é uma variável legítima” nas ações da SEC no futuro.

Blachunas e Seyffart também esperam “ordens de adiamento” para os prazos desta semana, já que a previsão é “altamente exposta logo após a decisão do tribunal”, tuitou Seyffart.

O tribunal apoiou os argumentos da Grayscale de que um ETF de Bitcoin à vista atende aos mesmos critérios para manipulação de mercado e preocupações de fraude que o ETF de futuros de Bitcoin já aprovado, considerando arbitrária a negação da SEC de aplicações de Bitcoin à vista.

A SEC poderia “revogar a listagem de ETFs de futuros de Bitcoin” se quiserem negar um ETF de Bitcoin à vista, de acordo com Seyffart.

A outra opção é que eles poderiam ir atrás de “custódia ou liquidação de Bitcoin”. Atualmente, as empresas de gestão de ativos que propõem um ETF apontaram a Coinbase como sua custodiante e referência para dados do mercado à vista para preços.

*Traduzida por Rodrigo Tolotti com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Hackers invadem prefeitura, roubam R$ 6 milhões da Caixa e convertem fundos em criptomoedas

Hackers invadem prefeitura, roubam R$ 6 milhões da Caixa e convertem fundos em criptomoedas

PF faz operação nesta manhã contra grupo que sacou dinheiro da Caixa após invadir o sistema GovConta da prefeitura de Telêmaco Borba (PR)
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Fatia de mercado da KuCoin cai pela metade e Nigéria trabalha com Interpol para extraditar executivo da Binance

Manhã Cripto: Fatia de mercado da KuCoin cai pela metade e Nigéria trabalha com Interpol para extraditar executivo da Binance

Em meio às apostas baixistas de hedge funds, o Bitcoin mostra estabilidade em 24 horas, negociado na faixa dos US$ 66 ml    
jogadores de costas tocam os punhos

Filipinos voltam a lotar lan houses para ganhar criptomoedas em jogos; é o retorno do play-to-earn?

Jogar Heroes of Mavia, Nifty Island e PIXEL em horário integral nas Filipinas pode render cerca de duas vezes o salário mínimo do país
Agentes da Polícia Federal emoperação contra russos radicados noBrasil

PF faz operação contra mexicano que se associou a pirâmide com criptomoedas no Brasil

Acusado também afirmava ser representante de uma marca italiana de carros, convencendo pessoas a investir em uma criptomoeda que ele mesmo criou