Imagem da matéria: Estados Unidos vão injetar até 60 bilhões dólares no Brasil via Banco Central

O Banco Central dos Estados Unidos (o FED) pode injetar até US$ 60 bilhões na economia brasileira, cerca de R$ 300 bilhões. A medida, anunciada nesta quinta-feira (19) pelo governo americano, vem de uma ação conjunta da autoridade financeira americana com o Brasil e mais oito países.

O recurso estará disponível por meio de linhas de swap (troca de reservas em dólar). Essas linhas são projetadas para ajudar a diminuir as tensões nos mercados globais de financiamento em dólares, diz o FED. Uma ação visa minimizar as tensões causadas pela disseminação coronavírus no mundo.

Publicidade

Assim como o Banco Central do Brasil (BC), os bancos centrais da Austrália, Coreia do Sul, México, Cingapura, Suécia, Noruega, Dinamarca e Nova Zelândia terão os recursos disponíveis por seis meses.

Conforme descreveu o Fed, algumas linhas de swap são de até US$ 30 bilhões, como é o caso dos dos bancos centrais da Noruega, Dinamarca e Nova Zelândia.

Brasil não usou linha do Fed em 2008

Segundo O Globo, a medida não é novidade. Esses mesmos países também receberam a linha de swap durante a crise de 2008 — que perdurou entre 2007 e 2009. 

No entanto, mesmo com a linha de crédito disponível, o Brasil não chegou a usar.

De acordo com o jornal, também não é certo se desta vez o governo brasileiro vai usar o recurso, que é devolvido depois com juros. Mas é importante tê-lo assegurado.

Publicidade

Fed contra coronavírus

A ação do Fed é a mais recente de uma série de medidas de emergência adotadas desde o último final de semana, diz o jornal.

Diante de um cenário de incertezas, a instituição tenta limitar o prejuízo econômico provocado pelo coronavírus em escala mundial.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve