Imagem da matéria: Empresa que oferece compra de ações dos EUA e criptomoedas é proibida pela CVM de ofertar no Brasil
Foto: Shutterstock

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fez um alerta ao mercado nesta quinta-feira (26) sobre a atuação irregular no mercado brasileiro da empresa Panchain Securities LlC (Passfolio).

“Estamos em uma missão para expandir a economia global oferecendo acesso ao mercado de ações dos EUA para pessoas no mundo todo”, diz a Passfolio em seu site.

Publicidade

No entanto, no Brasil, a missão está encerrada até segunda ordem. A CVM determinou a imediata suspensão (stop order) de veiculação de qualquer oferta de serviços de intermediação de valores mobiliários por parte da Pressfolio.

Se não adotar a determinação, a empresa estará sujeita à multa diária no valor de R$ 1.000,00, diz o documento da CVM, que seguiu para publicação no Diário Oficial da União.

Captação irregular e ‘Stop Order’ da CVM

Conforme o entendimento da Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI), a área técnica da autarquia detectou que a empresa tem captado clientes de maneira irregular por meio do site ‘www.passfolioapp.com’.

A prática irregular, diz a CVM, é a de serviços de intermediação de valores mobiliários, visto que a Passfolio não possui a devida autorização da autarquia.

Publicidade

A emissão de stop order pela CVM é uma medida de natureza cautelar, com o objetivo de prevenir ou corrigir situações atípicas no mercado financeiro.

Conforme explicou a autarquia, o ‘Stop Order’ é aplicado quando há detecção de ações consideradas fora do normal.

Por isso, diz a CVM, não se deve confundir com a penalização das pessoas indicadas.

“No caso de infrações, a penalização exige a conclusão de processo administrativo sancionador com decisão condenatória, quando for necessário”, explicou.

Ações e criptomoedas

Segundo informação no site da Passfolio, a empresa é uma corretora que opera sob autorização da organização autorreguladora americana FINRA (Autoridade Regulatória da Indústria Financeira).

Diz também que é registrada no SIPC é uma entidade americana que garante aos investidores a posse dos seus ativos em caso de fechamento das corretoras — uma instituição semelhante à brasileira FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

Publicidade

A empresa se oferece como o ‘passaporte financeiro’ do investidor, o que torna o acesso a investimentos globais a qualquer pessoa.

“Você pode baixar o aplicativo agora para começar a negociar mais de 3.000 ações dos EUA na palma da sua mão”, oferece o site.

Além de ações, a plataforma também vende criptomoedas. Segundo informações no site, a Passfolio possui parceira com a exchange Gemini.

Contudo, nem tudo que se faz nos Estados Unidos pode se fazer no Brasil sem autorização do mercado regulador brasileiro, no caso a CVM.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos