Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)
O casal Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos (Reprodução/Instagram)

O departamento jurídico de uma empresa chamada Columbia Investimentos & Participações, que fornecia garantias para a Braiscompany, publicou uma nota em seu site, onde afirma que foi “lesada em sua boa-fé e financeiramente” pela empresa de Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, que se encontram foragidos das autoridades brasileiras.

Segundo o comunicado, os contratos entre as partes tiveram que ser encerrados por causa das fraudes da Braiscompany que vieram à tona, e que seu departamento jurídico tem mantido esforços para resolver o problema.

Publicidade

A Columbia Investimentos & Participações fornecia uma garantia que era descontada da rentabilidade dos clientes da Braiscompany a uma taxa de 1,1% e então era cedida uma carta de fiança.

(Imagem: Reprodução)

A Braiscompany, que foi alvo de uma operação da Polícia Federal no último dia 16, é investigada por vários crimes, dentre eles, crime contra a economia popular, por supostamente atuar no ramo de criptomoedas como uma pirâmide financeira, que pode ter movimentado R$ 1,5 bilhão

Os responsáveis pela empresa, Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, que rasparam suas suas contas bancárias, estão foragidos desde então.

A Polícia Federal tenta incluir os nomes do casal na lista de procurados da Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal.

VOCÊ PODE GOSTAR
Costas de um policial de Hong Kong

Empresário e filho se entregam à polícia após sequestrarem investidora de criptomoedas

A dupla teria tentado acertar as contas com a mulher de 55 anos que teria intermediado um investimento de cerca de R$ 10 milhões em criptomoedas
sob notas de dólares estão moedas de bitcoin, ethereum, ao lado de celular com logo FTX

FTX apresenta proposta para devolver aos clientes 118% dos fundos perdidos

Empresa afirma que caso o plano seja aprovado pela corte, os pagamentos serão feitos em até 60 dias
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo
máquinas de mineração de criptomoedas apreenidas em

Polícia apreende 396 mineradoras de Bitcoin em casa de ex-deputado paraguaio

Miguel Cuevas, que já foi preso por enriquecimento ilícito, agora pode também ser investigado por furto de energia