Vitalik Buterin, ethereum
Criador do Ethereum, Vitalik Buterin (Foto: Duncan Rawlinson/Flickr)

O cocriador do Ethereum, Vitalik Buterin, participou na noite de quinta-feira (8) do webinar ‘Futuros Radicais: liberdade para transformar’, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), entidade vinculada ao Ministério da Economia.

O homem por trás da segunda maior criptomoeda do mundo apresentou um algoritmo que se tornou uma solução para apoiar os diferentes projetos de código aberto desenvolvidos no ecossistema do Ethereum: o financiamento quadrático.

Publicidade

Esse tipo de financiamento que Buterin estuda desde 2018 é uma espécie de crowdfunding que combina contribuições de pequenos doadores com um pool de investimentos maiores. O objetivo é garantir que os projetos mais relevantes recebam os maiores apoios.

O financiamento quadrático funciona da seguinte maneira: se em uma rodada de investimento o projeto A ganha R$ 10 de dez contribuidores diferentes, e o projeto B ganha R$ 10 de apenas um apoiador, o primeiro projeto receberá uma quantia muito maior do pool de investimento já existente porque conta com mais apoiadores, ou seja, é mais valioso para a comunidade.

A ideia central desse esquema é dar poder as escolhas que partem das pessoas comuns e evitar que apenas as iniciativas que estão no radar de grandes investidores, tenham chances de se desenvolver.

Gitcoin Grants

Para explicar como o financiamento quadrático funciona na prática, Vitalik Buterin apresentou o Gitcoin Grants, uma iniciativa do Ethereum que permite à comunidade financiar projetos de código aberto.

Publicidade

O Gitcoin já realizou nove rodadas de investimento com pools financiados pelo Ethereum Foundation e Consensys, usados para potencializar as pequenas doações da comunidade.

Os testes foram bem-sucedidos e projetos que geralmente não conseguiam angariar fundos, receberam um financiamento significativo. Buterin destacou que o experimento também foi uma chance dos usuários sinalizarem o que consideram importante para a rede.

Ele citou como exemplo um caso em que a comunidade criou um fundo para os desenvolvedores acelerarem a implementação do EIP-1559 — uma melhoria que reduz as taxas do Ethereum, prevista para chegar em agosto.

“Alguém começou um fundo de apoio ao EIP-1559 que recebeu uma grande quantidade de doações, quase metade do valor doado em toda um rodada do Gitcoin Grants. Foi fascinante porque não foi apenas um financiamento, foi também uma forma da comunidade protestar coletivamente e dizer ‘ei desenvolvedores, nós achamos que isso é algo muito valioso que vocês deveriam levar com mais seriedade’”.

Publicidade

Por outro lado, Buterin ressaltou que há diversos problemas que precisam ser melhorados para o uso do algoritmo em grande escala, como encontrar uma forma de garantir apenas uma contribuição por pessoa, bem como prevenir que os projetos manipulem as doações.

Durante o webinar, a discussão sobre o financiamento quadrático se expandiu para o seu uso em outros setores da sociedade e não apenas de um interesse específico — no caso do Ethereum, do código aberto.

Entre os outros especialistas que discutiram o tema com Vitalik estava a parlamentar‌ ‌na‌ ‌Câmara‌ ‌dos‌ ‌Comuns‌ ‌do‌ ‌Canadá, Michelle‌ ‌Rempel; a economista‌ ‌especialista‌ ‌em‌ ‌design‌ ‌de‌ ‌incentivos‌, ‌Zoë‌ ‌Hitzig; e o desenvolvedor e cofundador do projeto ‌clr.fund, Auryn‌ ‌Macmillan.

A participação de Buterin no evento está disponível no YouTube. (vídeo abaixo)

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Fatia de mercado da KuCoin cai pela metade e Nigéria trabalha com Interpol para extraditar executivo da Binance

Manhã Cripto: Fatia de mercado da KuCoin cai pela metade e Nigéria trabalha com Interpol para extraditar executivo da Binance

Em meio às apostas baixistas de hedge funds, o Bitcoin mostra estabilidade em 24 horas, negociado na faixa dos US$ 66 ml    
Imagem da matéria: Fundos cripto do Brasil ficam atrás apenas dos EUA ao captar mais R$ 14 milhões na semana

Fundos cripto do Brasil ficam atrás apenas dos EUA ao captar mais R$ 14 milhões na semana

Fundos de investimento com foco em cripto do Brasil captaram US$ 2,9 milhões entre 22 e 29 de março
Mão sugere bater mertelo da justiça- em um fundo escuro o logo Google

Google processa criadores de apps de criptomoedas que enganaram mais de 100 mil usuários

Segundo o Google, os réus contaram várias mentiras para conseguir disponibilizar os aplicativos enganosos no Google Play
Imagem da matéria: Scarpa quer desfecho de ação contra Willian Bigode por golpe cripto: “Já passou da hora”

Scarpa quer desfecho de ação contra Willian Bigode por golpe cripto: “Já passou da hora”

O jogador do Atlético Mineiro está desde o ano passado atrás dos valores investidos na WLJC Gestão Financeira através de Bigode