Imagem da matéria: Elon Musk quer que Dogecoin seja listada na Coinbase
Empresário Elon Musk Foto: Shutterstock

O mundo do Twitter lançou na sexta-feira (13) uma pergunta que chamou a atenção do CEO da Tesla, crypto bull e usuário da Coinbase Elon Musk: “Você acha que a Coinbase deveria habilitar o Dogecoin em sua plataforma?” Musk respondeu com um exclamativo “Sim!”

Musk conhece bem a criptomoeda. No início de fevereiro, um processo da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA revelou que a Tesla havia comprado US$ 1,5 bilhão em Bitcoin. Antes disso, Elon costumava bombar a memecoin DOGE a ponto de um único tweet sobre a moeda causar um aumento de quase 40% no preço da moeda em apenas meia hora.

Publicidade

O que é Dogecoin?

A Dogecoin foi criada em 2013 pelos programadores de software Billy Markus e Jackson Palmer. A dupla criou a moeda em resposta a todo o barulho feito sobre os spinoffs do Bitcoin. O pensamento deles: se alguém pode criar uma moeda, por que não deveria?

O avatar da moeda é o do icônico cachorro rechonchudo Shiba Inu, cujo rosto ganhou destaque como meme acompanhado por frases adoráveis em um inglês ruim, como “Much wow” e “Very impress.” A moeda decolou logo após o lançamento e adquiriu um status de culto.

Depois que a corrida do bull run do Bitcoin decolou, celebridades como Musk impulsionaram a Dogecoin, que em seu pico no mês passado tinha um valor de mercado de US $ 17 bilhões.

Musk não está sozinho — o otimismo para DOGE é alto entre as celebridades. No início deste ano, o rapper Lil Yachty anunciou que estava investindo um terço de suas economias na DOGE. No mês seguinte, ele se juntou ao baixista do KISS, Gene Simmons, e à lenda do hip hop da velha escola Snoop Dogg, quando o par improvável se juntou à briga de meme de Musk para anunciar compras recentes da moeda.

Publicidade

Uma análise subsequente das métricas do Twitter revelou até que a Dogecoin era um pouco mais popular do que o Bitcoin. Em fevereiro, ele comandou 10,4% de todas as menções de criptografia na plataforma, enquanto o Bitcoin ficou para trás com 10,1%.

Toda a atenção resultou em alguns gráficos de desempenho de preços inebriantes. Em 27 de janeiro, a DOGE foi avaliado em $ 0,0078. Em 8 de fevereiro, esse valor aumentou quase dez vezes, para US $ 0,074. Uma correção acentuada ocorreu quando a moeda caiu para $ 0,047 em 23 de fevereiro — ainda um aumento de seis vezes em relação à sua posição inicial.

E a Coinbase?

A Coinbase sempre foi lenta para adaptar novas moedas. Enquanto a rival asiática Binance, se concentrava em adicionar o máximo de moedas possível às custas de operar nos Estados Unidos, a Coinbase listou menos moedas para apaziguar os reguladores em seu território e dobrou sua oferta principal de apenas um punhado de moedas.

O editor-executivo do Decrypt Jeff, John Roberts, escreveu em seu livro “Kings of Crypto”, que a Coinbase considerou adicionar mais moedas, incluindo a Dogecoin, depois que a Binance tomou seu lugar se tornar a exchange mais popular do mundo em meados de 2018, forçando a Coinbase de volta à prancheta .

Publicidade

Não sendo mais uma startup neste ponto, a Coinbase tinha um nível adicional de burocracia corporativa para enfrentar sempre que tentava implementar mudanças. Não vendo nenhum retorno proveniente da memecoin, os executivos da Coinbase rapidamente esqueceram seus planos de habilitar a negociação da DOGE na plataforma.

A Coinbase só começou a adicionar mais moedas depois de contratar o empresário de tecnologia Balaji Srinivasan em 2018 — mas Dogecoin nunca chegou lá.

O que começou como uma piada elaborada sobre o Bitcoin agora evoluiu para a décima quinta maior criptomoeda em capitalização de mercado, com uma equipe de desenvolvedores dedicados por trás dela e novas atualizações de seu software.

A Coinbase perdeu bilhões por não hospedar o Dogecoin. Mas, dada a volatilidade da moeda, Coinbase pode ter apenas salvaguardado sua reputação como o cavaleiro branco das criptomoedas.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Peru abre investigação contra Worldcoin por coleta de dados biométricos

Autoridades acompanham há quase um mês as sete operações da empresa que escaneia o rosto e a íris das pessoas em troca de tokens WLD
Imagem da matéria: Tether passa a deter 25% da mineradora de Bitcoin Bitdeer

Tether passa a deter 25% da mineradora de Bitcoin Bitdeer

Tether, a empresa por trás do USDT, agora possui 25% das ações da mineradora de Bitcoin Bitdeer, de acordo com um novo documento da SEC na quinta-feira
investidor em frente a grafico de baixa - queda

Tokens despencam até 30% após Binance anunciar deslistagem

Corretora anunciou também a listagem do peso colombiano (COP) em sua plataforma no par de negociação com a Tether (USDT)
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin faz última chamada para jogadores resgatarem seus tokens NOT

Prazo para sacar ou colocar tokens NOT em staking termina neste domingo (16) à medida que o hype dos jogos cripto do Telegram aumenta