Imagem da matéria: Elon Musk cancela acordo de compra do Twitter
Foto: Shutterstock

O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, retirou sua oferta de US$ 44 bilhões para comprar o Twitter, de acordo com vários veículos da imprensa.

O empresário se ofereceu para comprar a plataforma de mídia social em abril, no entanto, ficou no “vai e vem” conforme seus comentários nos últimos meses provocaram ampla especulação sobre o fato de que sua compra poderia não se concretizar. E hoje, finalmente sabemos com certeza: ele não vai.

Publicidade

Musk pediu hoje que seus assessores enviem uma carta ao Twitter, alertando a empresa de que ele encerrará o acordo de fusão que faria Musk comprar todas as ações restantes e possuir totalmente a plataforma, segundo a Bloomberg.

“Por quase dois meses, Musk buscou os dados e informações necessários para ‘fazer uma avaliação independente da prevalência de contas falsas ou spam na plataforma do Twitter'”, dizia a carta, segundo The Verge. “O Twitter falhou ou se recusou a fornecer essa informação”, continua.

Musk já havia adquirido uma participação de 9,2% na plataforma de rede social, onde tem 100 milhões de seguidores. Ele ofereceu US$ 54,20 por ação para adquirir o restante da empresa, e o conselho do Twitter recomendou por unanimidade a aceitação do acordo em junho.

No entanto, parecia cada vez mais que Musk estava querendo desistir do acordo. Ele havia citado anteriormente preocupações com spam e a atividade de bots automatizados na plataforma, sugerindo que o Twitter não estava fornecendo as informações solicitadas.

Publicidade

Musk disse em maio que o acordo estava “temporariamente suspenso”, e sua equipe jurídica enviou uma carta ao conselho geral do Twitter em junho alegando que a empresa não estava atendendo às suas demandas por dados.

“A última oferta do Twitter de simplesmente fornecer detalhes adicionais sobre as metodologias de teste da própria empresa, seja por meio de materiais escritos ou explicações verbais, equivale a recusar as solicitações de dados de Musk”, dizia a carta dos advogados de Musk.

Sua equipe alegou que foi uma “clara violação legal” dos termos do acordo e que Musk pode tentar sair do acordo.

Musk é um aficionado por Dogecoin cujos tweets sobre a criptomoeda meme frequentemente fazem seu preço subir ou cair. Ele compartilhou uma série de mudanças planejadas para o Twitter após a aquisição, incluindo a integração de Dogecoin para pagamentos, abrindo o código-fonte da plataforma e fornecendo uma supervisão menos restritiva do conteúdo.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin voltam a captar mais US$ 100 mi por dia nos EUA; Ex-diretor da FTX pede 18 meses de prisão

Mercado também começa a se preparar para veredito final da SEC sobre os ETFs de Ethereum à vista
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
Imagem da matéria: As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

Enquanto outras empresas gastam milhões em candidatos pró-cripto, Joe Lubin diz ao Decrypt que a Consensys resistiu ao impulso