Imagem da matéria: E-mails inéditos de Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, são apresentados em corte britânica
O criador do Bitcoin é Satoshi Nakamoto, talvez o anônimo mais famoso do mundo (Foto: Shutterstock)

Satoshi Nakamoto, pseudônimo do inventor do Bitcoin, ainda não foi identificado 15 anos após o lançamento da criptomoeda—apesar das alegações do programador de computador Craig Wright de ser o homem por trás do mito. Mas, no último caso judicial para tentar dissipar suas alegações, alguns e-mails reais de Satoshi finalmente entraram no registro público.

O criptógrafo e cypherpunk Adam Back — CEO e cofundador da Blockstream — foi entrevistado como testemunha no Tribunal Superior de Justiça do Reino Unido na terça-feira no caso em andamento da Crypto Open Patent Alliance (COPA) contra Wright.

Publicidade

Junto com seu questionamento, uma série de e-mails de 2008 e 2009 de Satoshi para Back foram inseridos no registro do tribunal. A COPA compartilhou os documentos com a imprensa, e capturas de tela dos e-mails também foram compartilhadas em um thread viral no Twitter por Pete Rizzo, um historiador do Bitcoin e editor da Bitcoin Magazine.

Os e-mails sugerem que Back não era, de fato, o homem por trás do pseudônimo Satoshi, apesar das alegações de alguns verdadeiros crentes de que ele é de fato o inventor do Bitcoin. Back tem consistentemente negado as alegações. Muitos entusiastas do Bitcoin acreditam que o falecido Hal Finney, um contribuidor inicial e destinatário da primeira transação de Bitcoin, é na verdade Satoshi. No entanto, também há evidências que podem refutar tais alegações.

Os primeiros e-mails entre Back e Satoshi antecedem o lançamento do Bitcoin por alguns meses. Satoshi escreveu para confirmar uma citação do algoritmo de prova de trabalho anterior de Back, Hashcash, que seria posteriormente usado no protocolo Bitcoin.

Satoshi compartilhou um rascunho pré-lançamento do whitepaper do Bitcoin com Back e pediu feedback, sugerindo que Back estava livre para compartilhá-lo com outras pessoas também. Na troca de e-mails resultante, Back aponta Satoshi para trabalhos sobre outros protocolos propostos chamados “B-Money” e “Micromint”.

Publicidade

No último e-mail de janeiro de 2009, Satoshi escreve a Back para agradecê-lo por sugerir os outros trabalhos e para compartilhar que o software Bitcoin de código aberto foi lançado.

“A ideia principal do sistema é a geração de uma cadeia de prova de trabalho baseada em hash para criar uma prova autoevidente do consenso da maioria. Os usuários recebem novas moedas contribuindo com prova de trabalho para a cadeia”, escreveu Satoshi, destacando elementos-chave que distinguem o Bitcoin de tentativas anteriores de criar dinheiro efetivamente digital.

A COPA, que é apoiada pelo cofundador do Twitter e Cash App, Jack Dorsey, está tentando encerrar as alegações de Wright, que um representante da COPA anteriormente disse ao Decrypt são “uma mentira descarada, uma narrativa falsa elaborada apoiada por falsificação em escala industrial”.

O Decrypt entrou em contato com um representante da COPA para comentar sobre os últimos desenvolvimentos no caso, mas não recebeu uma resposta imediata.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês
Brad Garlinghouse, CEO da Ripple , posa para foto

Mercado de criptomoedas vai valer US$ 5 trilhões até final do ano, prevê CEO da Ripple

Brad Garlinghouse justifica seu otimismo pelo halving do Bitcoin e um possível impulso regulatório positivo do mercado cripto nos EUA
Equipamento de mineração com CPU em uma mesa de escritório com sinal luminoso do Bitcoin atrás

Dificuldade de mineração do Bitcoin bate recorde em último ajuste antes do halving

Recorde significa que mineradores estão correndo para garantir a recompensa de 6,25 BTC por bloco antes do halving
Pai Rico Pai Pobre Robert Kiyosaki posa para foto

Autor de “Pai Rico, Pai Pobre” explica por que não vai comprar ETF de Bitcoin

Robert Kiyosaki defende há anos Bitcoin, ouro e prata como as maiores reservas de valor