Imagem da matéria: “É bom ter cautela com o Bitcoin”, diz Ronaldo Lemos
Foto: Shutterstock

O advogado e especialista em tecnologia Ronaldo Lemos falou sobre o Bitcoin em sua coluna na Folha de São Paulo no domingo (03). Segundo ele, a criptomoeda voltou a ser assunto de almoços de família e que isso requer cuidado. “É bom ter cautela”, escreveu.

Lemos usou o tema das criptomoedas para inseri-lo numa abordagem sobre ‘choques’ na área de tecnologia no começo deste ano, principalmente nos EUA, onde governo e grandes empresas correm grandes riscos de ataques cibernéticos. “Além da pandemia, vão ter de conter a viralização dos ataques digitais”, disse.

Publicidade

Choque Bitcoin

Um dos choques descritos pelo especialista foi a subida de valor do bitcoin e de outras criptomoedas. “O bitcoin abriu 2020 custando US$ 7.000. No primeiro dia de 2021, seu valor era de US$ 29 mil por unidade”, disse Lemos.

Segundo ele, vários fatores explicam a alta, como a entrada no mercado cripto dos investidores institucionais, como o Paypal, e pela oferta limitada de BTCs. Ou seja, só vão existir 21 milhões de bitcoins no mundo ao final de toda sua mineração, o que ele descreveu como uma “questão técnica” onde a “oferta de bitcoins é desenhada para diminuir ao longo do tempo”. 

Fora isso, Lemos deu outra explicação, que seria a volta dos investidores desavisados que desde o colapso de 2018 e 2019 haviam fugido das criptomoedas. “O bitcoin voltou a ser assunto de almoços de família e das festas de fim de ano. É bom ter cautela”, ressaltou.

Avanços em tecnologias

Ele também destacou a criação do Banco Central (Bacen) de um grupo de trabalho oficializado em agosto do ano passado e que vai estudar uma possível CBDC brasileira. “Por design é programada para espelhar digitalmente o valor do real”, disse.

Publicidade

Destacou também que 2021 é o ano chave para a implantação do 5G no país, enfatizando um recente artigo do presidente da Ericsson no Brasil, Eduardo Ricotta. Ele acredita que se não houver o leilão do 5G neste ano, a situação em inovação se complica.

Lemos enfatizou também o desafio da aplicação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que passa a valer em agosto. E concluiu ressaltando a consolidação do Pix como meio de pagamento digital no Brasil; que “Já era” pagar tudo com dinheiro em papel e que cada vez mais bancos centrais estão interessados em emitir sua própria stablecoin — ou CBDC.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa segura moeda de bitcoin à frente de bandeira de El Salvador

El Salvador renova estratégia para incentivar a adoção do Bitcoin

El Salvador dobrou seu esforço para a adoção do Bitcoin nos últimos…
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Bernstein eleva projeção e vê Bitcoin em US$ 200 mil até 2025

Para o longo prazo, os analistas preveem que cada Bitcoin pode valer US$ 500 mil até o final de 2029 e US$ 1 milhão até 2033
moeda do bitcoin com o logo da microstrategy ao fundo

MicroStrategy quer arrecadar US$ 500 milhões com notas conversíveis para comprar mais Bitcoin

A empresa de Michael Saylor já é a maior detentora corporativa de Bitcoin, com participações que excedem 1% da oferta circulante de BTC
Maquinas mineração de Bitcoin apreendidas em La Colmena, Distrito de Paraguarí

Paraguai apreende centenas de máquinas de mineração de Bitcoin em nova ofensiva ao setor

Autoridades já confiscaram mais de 9.000 mil equipamentos nas últimas semanas