Imagem da matéria: Dogecoin salta 18% e supera US$ 0,22 pela 1ª vez desde 2021
Foto: Shutterstock

A criptomoeda Dogecoin, a memecoin com tema de cachorro mais famosa do mundo, está valorizando 18,3% nas últimas 24 horas, recuperando a cotação de US$ 0,22 pela primeira vez desde dezembro de 2021.

Com o preço atual, a Dogecoin acumula ganhos de 45,7% na semana, de acordo com dados do CoinGecko. A criptomoeda atingiu uma cotação superior a US$ 0,20 pela última vez em 4 de dezembro de 2021, de acordo com o rastreador de preços de criptomoedas. No entanto, a memecoin permanece muito longe de seu preço mais alto de todos os tempos de US$ 0,73, de maio daquele ano, no auge do mercado cripto em alta.

Publicidade

O aumento de preço da memecoin ocorre dias depois que o chatbot de inteligência artificial do X/Twitter, Grok, disse a alguns usuários que os pagamentos em Dogecoin na plataforma eram possíveis — provavelmente como resultado de uma alucinação da IA, uma vez que tal funcionalidade não foi habilitada.

Em uma thread no X, o desenvolvedor de Dogecoin, Mishaboar especulou que os pagamentos com cripto na rede social poderiam ser implementados “muito mais cedo” do que o horizonte de cinco anos, embora “provavelmente não antes do próximo ano”, argumentando que serviços de pagamento como o PayPal já oferecem suporte a criptomoedas.

Elon Musk, Pagamentos no X e Dogecoin

Elon Musk, proprietário e presidente do X, já havia revelado sua intenção de transformar a plataforma em um “super aplicativo” com recursos de pagamento, com o lançamento de uma conta oficial @XPayments no início deste ano.

No entanto, embora Musk tenha declarado há muito tempo ser fã da Dogecoin, o bilionário da tecnologia não confirmou que a memecoin (ou, na verdade, qualquer criptomoeda) faria parte de qualquer recurso de pagamentos planejado.

Publicidade

Ele especulou anteriormente que a Dogecoin poderia ser usada como meio de pagamento para o serviço de assinatura premium da plataforma, Twitter Blue, e colaborou no passado com desenvolvedores da Dogecoin.

No ano passado, o Financial Times publicou que Musk queria que o serviço de pagamento planejado pelo Twitter fosse baseado principalmente em moeda fiduciária, mas com a opção de adicionar funcionalidade de criptoativos “em um momento futuro”, de acordo com fontes familiarizadas com o assunto.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Juiz pede bloqueio de eventuais criptomoedas de ex-diretores da Americanas

Juiz pede bloqueio de eventuais criptomoedas de ex-diretores da Americanas

Sequestro de bens de ex-executivos da Americanas inclui ainda contas correntes e aplicações financeiras, veículos — aeronaves e embarcações — e imóveis
Imagem da matéria: Cocriador da Samourai Wallet deve sair da prisão em breve e se declarar inocente

Cocriador da Samourai Wallet deve sair da prisão em breve e se declarar inocente

Defesa e promotoria debatem se réu pode esperar julgamento em Portugal onde morava ou se deve ficar em Nova York
Imagem da matéria: Sony vai lançar corretora de criptomoedas no Japão

Sony vai lançar corretora de criptomoedas no Japão

Uma subsidiária da Sony adquiriu a exchange de criptomoedas WhaleFin no ano passado e agora a renomeou para S.BLOX, preparando-se para relançá-la
Imagem da matéria: Sinais mistos deixarão Bitcoin "instável" nos próximos meses, diz Coinbase

Sinais mistos deixarão Bitcoin “instável” nos próximos meses, diz Coinbase

O terceiro trimestre de 2024 começou com um “tom amargo” graças às vendas de Bitcoin da Alemanha e da Mt. Gox, diz a Coinbase Research