Imagem da matéria: Dogecoin salta 18% com plano da Coinbase de lançar negociações de futuros de DOGE
Foto: Shutterstock

Enquanto o mercado de criptomoedas passava por grande volatilidade por conta da decisão de juros do Federal Reserve nos Estados Unidos, a Dogecoin (DOGE) ganhava força nesta madrugada, chegando a saltar 18%.

Na manhã desta quinta-feira (21), a DOGE opera com ganhos de cerca de 13% no acumulado de 24 horas, cotada a US$ 0,1525, com uma valorização que supera 70% em 2024 até agora.

Publicidade

O movimento ocorreu após a notícia de que a Coinbase Derivatives planeja iniciar a negociação de futuros de Dogecoin, além de Litecoin (LTC) e Bitcoin Cash (BCH), em 1º de abril.

No início do mês, por meio de três cartas separadas à Commodities Futures Trading Commission (CFTC), a exchange anunciou sua intenção de lançar contratos futuros mensais liquidados em dinheiro para as três criptomoedas. Os documentos, enviados ao secretário da CFTC, Christopher Kirkpatrick, detalhavam os tamanhos dos contratos propostos, os métodos de liquidação (alavancando uma taxa de referência por vetor de mercado) e a estrutura.

A Coinbase destacou nas cartas que está aproveitando a rota de autocertificação sob o Regulamento 40.2(a) da CFTC para listar esses contratos futuros. Este procedimento permite que as corretoas introduzam novas ofertas sem aguardar a aprovação direta da CFTC, desde que afirmem a adesão do produto aos regulamentos da CFTC.

A empolgação do mercado se dá não só pela novidade em si, mas porque parte dos traders consideraram a notícia como uma possível precursora de um eventual fundo negociado em bolsa (ETF) de Dogecoin à vista.

Publicidade

Isso porque as três criptomoedas citadas derivam do Bitcoin, que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) reconhece como uma commodity.

O analista de ETF da Bloomberg Intelligence, James Seyffart, disse no X/Twitter que, dada a classificação desses ativos, será difícil para a SEC argumentar que eles são valores mobiliários após ter aprovado os ETFs de Bitcoin.

A Coinbase, conhecida por seus rígidos critérios de listagem e conformidade regulatória, disse no documento que a DOGE era mais do que apenas um token de “brincadeira” no atual cenário de investimento.

“A popularidade duradoura da Dogecoin e o apoio ativo da comunidade sugerem que ela transcendeu suas origens como um meme para se tornar um elemento básico do mundo das criptomoedas”, afirmou a exchange.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Avenged Sevenfold está transformando fãs de heavy metal em "Evangelistas da Blockchain"

Avenged Sevenfold está transformando fãs de heavy metal em “Evangelistas da Blockchain”

Plataforma descentralizada recompensa fãs do Avenged Sevenfold e gera recompensas por participarem de atividades ligadas à banda
Imagem da matéria: EUA não têm autoridade para processar trades DeFi, diz advogado do hacker da Mango Markets

EUA não têm autoridade para processar trades DeFi, diz advogado do hacker da Mango Markets

Avraham Eisenberg é o trader cripto acusado de drenar mais de US$ 100 milhões da plataforma de negociação Mango Markets
piramide financeira criptomoedas

Ex-diretora da pirâmide OneCoin é condenada a 4 anos de prisão nos EUA

Onecoin foi criada pela búlgara Ruja Ignatova, a famosa “Rainha das Criptomoedas” foragida do FBI
Imagem da matéria: Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Steven Nerayoff alega ter sido vítima de provas fabricadas em um suposto caso de extorsão de 10.000 ETH