Imagem da matéria: Dogecoin e Shiba Inu disparam em final de semana de alta das criptomoedas
foto: Shutterstock

O mercado de criptomoedas está no verde neste fim de semana, apesar da agitação nos Estado Unidos.

Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo, ultrapassou brevemente US$ 45.000 neste domingo (08) para atingir um máximo de US$ 45.241 em 24 horas, de acordo com dados da CoinGecko. Agora vale US$ 44.733, um aumento de 3% desde ontem.

Publicidade

E o preço da Dogecoin subiu 22% na semana passada e 14% nas últimas 24 horas para ser negociado a seu preço atual de US$ 0,26.

Shiba Inu (SHIB), um spinoff do Dogecoin criado no ano passado, juntou-se ao aumento da moeda meme. Ele subiu 16% no dia anterior e 28% na semana anterior.

Dogecoin ainda está 64% abaixo de seu máximo histórico de $ 0,73 em 8 de maio. A moeda se tornou muito popular no início deste ano depois que celebridades como Elon Musk, Snoop Dogg e Gene Simmons promoveram a moeda no Twitter e influenciadores do TikTok previram que ela iria para a lua.

Não houve muita mudança no resto do mercado de criptomoedas, marcando um fim – ou pelo menos um intervalo – para o crescimento dinâmico da semana passada.

Ethereum liderou a carga entre as principais criptomoedas, subindo 22% esta semana para seu preço atual de US $ 3.110.

Publicidade

A ascensão do Ethereum segue o lançamento do EIP-1559 em 5 de agosto. A atualização queima ETH em vez de pagar aos mineiros, tornando as taxas de transação mais transparentes e pavimentando o caminho para Ethereum 2.0., A atualização de próxima geração para Ethereum que faz a transição do blockchain prova de trabalho para prova de aposta.

O mar de verde no mercado de criptomoedas surge apesar dos conflitos políticos em Washington sobre quem deve reportar informações fiscais à Receita Federal. Os senadores concordam que US$ 28 bilhões em impostos de criptomoedas ajudarão a pagar a conta do novo projeto de infraestrutura do presidente Biden, e eles querem que a indústria de criptomoedas ajude a evitar ativos não declarados.

A proposta original sugeria que entidades centralizadas e descentralizadas deveriam entregar as informações dos clientes ao Imposto de Renda – embora entidades descentralizadas, como protocolos DeFi e mineradores de Bitcoin, não coletem informações das pessoas que as usam.

Duas emendas de provisões sobre ativos rivais isentam entidades de prova de trabalho e prova de participação, mas uma optou por não isentar outras entidades não custodiantes de obrigações de declaração de impostos.

Publicidade

Líderes da indústria de criptomoedas dos EUA temem que, caso o Congresso vote para incluir essa emenda no projeto de infraestrutura de Biden, eles terão que deixar o país porque não poderão cumprir a nova lei.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

O apoio à legislação ficou bastante dividido entre os partidos, com muito menos apoio dos democratas em comparação com outros projetos de lei envolvendo criptomoedas neste mês
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
Cofre dourado no formato de baleia receb moedas shiba inu SHIB

Baleias voltam a encher os bolsos de Bitcoin, mostra análise

A acumulação acelerada de baleias é um sinal de que o mercado altista do Bitcoin ainda está ativo
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide