Imagem da matéria: New York Times cria criptomoeda dos idiotas para estudar hype no mercado
Foto: Shutterstock

O repórter do The New York Times David Segal lançou a sua própria criptomoeda em um experimento em que tenta entender como funciona o hype no mercado cripto onde investidores pulam de moeda em moeda na esperança de se tornarem milionários. 

O token criado pelo jornalista se chama Idiots Coin — criptomoeda dos idiotas — e foi divulgado na comunidade com uma campanha de marketing que expunha a verdade: “Essa moeda definitivamente não vai para a lua”. 

Publicidade

A ideia de Segal era mostrar aos investidores como criar uma moeda não exige qualquer experiência e que muitas em circulação no mercado são “frágeis e perigosas”, mascaradas por fortes campanhas de marketing.

O hype que algumas das dezenas de moedas criadas diariamente conseguem atrair, não dura semanas, mas é tempo suficiente para desenvolvedores ganharem milhões por meio de rug pull, golpe em que eles liquidam as moedas quando o hype atinge um pico, fazendo os preços desabarem logo em seguida.  

David Segal contou na reportagem que lançou a criptomoeda com a ajuda de um taiwanês que publicou um vídeo no YouTube ensinando como criar e promover uma moeda fraudulenta. Em poucos minutos, a Idiots Coin foi criada na Binance Smart Chain com um fornecimento de 21 milhões de tokens, dos quais 7 milhões foram colocados à venda na BakerySwap.

“O nome foi o primeiro de muitos sinais de ‘não compre’ para potenciais holders. Na verdade, eu não queria que essa moeda aumentasse em valor. Eu queria que fosse um flop espetacular”. 

Publicidade
Foto: Divulgação

Ele então usou uma estratégia de marketing nas redes sociais para ver qual seria o efeito na moeda. A diferença é que todas as campanhas tinham o intuito de desencorajar o investidor. No site oficial do ativo, por exemplo, contava apenas um whitepaper de dois parágrafos e um tutorial de como comprar o token. 

“Se você seguiu o passo a passo, sua Idiot Coin deve acabar em sua carteira. Parabéns. Infelizmente, não há nada que você possa fazer com suas Idiot Coins, a não ser esperar que elas subam. O que não vai acontecer”, diz o site.

O jornalista também anunciou a moeda no CryptoMoonShots, uma página do Reddit que divulga novos criptoativos, onde a campanha dizia: “Definitivamente não vai para a lua! Pode não sair do chão nem um centímetro!”. Além disso, ele contratou um influencer do TikTok para divulgar a moeda. 

Ao todo, o jornalista gastou US$ 1.000 com a criação e a campanha de marketing da Idiot Coins. “Finalmente, na hora marcada, em 2 de julho, o anúncio do CryptoMoonShots foi feito. O Sr. Malki postou seu TikTok. Coinforidiots.com foi ao ar. Nada aconteceu. Foi um fracasso total, felizmente”.

Publicidade

Ele conta que naquele dia apenas quatro pessoas compraram um total de 73 tokens, rendendo uma pequena fração de centavo em vendas, de tal forma que ninguém saiu prejudicado.

Mesmo assim, um grupo pareceu desapontado com a campanha pessimista. “Eu tinha contratado uma pessoa da Nigéria para postar links no Telegram do canal oficial da Idiot Coin. Cerca de 300 pessoas de todo o mundo compareceram. Muitos ficaram confusos, outros pareciam membros de um rebanho em busca desesperada de um pregador. Eles queriam ouvir o evangelho da riqueza iminente”, contou o jornalista.

Talvez você queira ler
agentes da PF

PF derruba pirâmide acusada de roubar R$ 1 bilhão em esquema de arbitragem de criptomoedas

Operação Ouranós está cumprindo nesta manhã 28 mandados de prisão e busca e apreensão; R$ 400 milhões em bens dos golpistas já foram bloqueados
Imagem da matéria: Projeto DeFi fará airdrop de 100 milhões de tokens para carteiras Solana; veja se você está na lista

Projeto DeFi fará airdrop de 100 milhões de tokens para carteiras Solana; veja se você está na lista

A plataforma de staking líquido Jito fornecerá 100 milhões de tokens à sua comunidade para criar uma governança coletiva
Imagem da matéria: OKX inicia operação no Brasil com promessa de seguir regras locais

OKX inicia operação no Brasil com promessa de seguir regras locais

Em conversa com o Portal do Bitcoin, o líder da OKX no Brasil disse que a estratégia da operação será combinar os serviços das corretoras nacionais com o leque de produtos das gigantes globais
Edificio do BCE

Banco Central Europeu analisa uso do Bitcoin e reconhece seu potencial como reserva de valor

Estudo do BCE destaca que, apesar de sofrer com a volatilidade, o Bitcoin traz benefícios para população de países subdesenvolvidos e em desenvolvimento em crise