homem careca cabeça fundo verde
Foto: Shutterstock

A identidade do possível golpista por trás de BALD, memecoin inspirada nos carecas e que aplicou um rug pull no final de semana, foi revelada na quinta-feira (3) no Twitter pelo famoso detetive blockchain ZachXBT, conhecido por desmascarar fraudes no setor de criptomoedas.

Leia também: Memecoin de careca dispara, faz novos milionários e morre em menos de 48 horas

Publicidade

De acordo com ele, não precedem os boatos que circulavam de que, entre as pessoas por trás da shitcoin, estava Sam Bankman-Fried, o criador da falida corretora FTX. Essa teoria ganhou força após alguns analistas encontrarem uma carteira do criador da BALD que supostamente recebeu depósitos da FTX e da Alameda Research — empresas de SBF — ao longo de mais de dois anos.

Para Zach, o real golpista por trás da criptomoeda BALD é um trader identificado no Twitter como @milkyway16eth. Na rede social, ele se descreve como um “farmador de rendimentos, especulador de esquemas ponzi e especialista em desastres nucleares”.

O investigador acredita que ele é o real criador da BALD por causa de uma transferência de US$ 50 mil que ele fez em 2021 para uma carteira de Mike McDonald, um jogador de poker também conhecido por seus investimentos em criptomoedas.

Ao ser procurado por Zach, McDonald explicou que havia recebido aquela transação de US$ 50 mil após ter ganho uma aposta sobre quem venceria o campeonato mundial de xadrez daquele ano.

“Ganhei uma aposta de US$ 50 mil com uma conta aleatória no Twitter sobre o resultado do campeonato mundial de xadrez de 2021 e eles me pagaram aqui. Os fundos vieram de um endereço que parece vinculado ao implantador da $BALD. A aposta que fiz foi com @milkyway16eth”, disse McDonald no Twitter.

Publicidade

Após a confirmação, Zach publicou no Twitter os rastros das carteiras de Milkway, onde é possível identificar que o implantador da BALD enviou à Milkway US$ 25,7 milhões em 17 transações; US$ 50 mil desse montante foi posteriormente enviado para a Mike para pagar a aposta.

Relembre o caso

A memecoin BALD começou a circular no mercado no último sábado (29) e foi criada na Base, uma rede de segunda camada do Ethereum operada pela corretora Coinbase

O token BALD registrou forte valorização algumas horas após seu lançamento e conseguiu transformar US$ 500 de um trader e US$ 1.000 de quatro outros especuladores em mais de US$ 1 milhão, segundo relatos e análise on-chain.

No entanto, na segunda-feira (31) o hype já havia passado e o preço da memecoin caiu 86%. A queda aconteceu após o endereço do criador da moeda retirar 7.000 ETH (US$ 13,10 milhões) e 142 milhões BALD (US$ 4,97 milhões) do pool de liquidez da moeda na exchange descentralizada LeetSwap.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Embora o magnata das criptomoedas ainda esteja em Montenegro, ele agora está sendo responsabilizado pessoalmente por US$ 204 milhões
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin faz última chamada para jogadores resgatarem seus tokens NOT

Prazo para sacar ou colocar tokens NOT em staking termina neste domingo (16) à medida que o hype dos jogos cripto do Telegram aumenta
moeda e notas pendurada em um varal

Operação contra maior milícia do RJ revela que suspeitos compravam Bitcoin para lavar dinheiro

Fonte do dinheiro movimentado pelos suspeitos seria oriundo de grilagem de terras, extorsão contra comerciantes e exploração do transporte
Imagem da matéria: Escritório de advocacia Mattos Filho ingressa na ABcripto

Escritório de advocacia Mattos Filho ingressa na ABcripto

“Um dos principais desafios é a criação de um arcabouço regulatório que estabeleça segurança jurídica para a indústria”, afirma escritório