Imagem da matéria: Deputados da CPI se revoltam com consultor da GAS Consultoria: “Defensor de organização criminosa”
Thiago Farias de Araujo Souza, consultor da GAS Consultoria durante CPI das Pirâmides Financeiras (Foto: Reprodução)

Na tarde desta quinta-feira (21), os deputados da CPI das Pirâmides Financeiras enfrentaram a audiência mais tensa desde o início dos trabalhos da comissão, com o depoimento de Thiago Farias de Araujo Souza, consultor da GAS Consultoria que confessou ter arrastado centenas de investidores para o esquema.

Os deputados se revoltaram com o comportamento de Souza, que desde sua primeira exposição saiu em defesa da pirâmide financeira, culpando o Estado pela suspensão dos pagamentos dos clientes.

Publicidade

O presidente da CPI, Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), cravou que o depoente era “defensor de uma organização criminosa”.

“Ele está na condição de intimado como testemunha no depoimento de hoje. Mas tem horas que dá um problema na cabeça do depoente, que ele acha que foi convidado para palestrar. Eu começo a perceber que ele pode estar a serviço de alguém aqui. Está ficando bem claro e nítido que ele está a serviço de uma organização criminosa, aqui para fazer a sua defesa”, disse Ribeiro.

A indignação dos deputados se deve ao fato de Thiago Souza tecer elogios à GAS Consultoria e afirmar que a empresa nunca lesou nenhum investidor. Ele afirma que deve à GAS, não o contrário.

“A GAS não lesou ninguém. A empresa pagou os clientes por nove anos e quatro meses e nunca atrasou os pagamentos. Hoje é um dia de comemoração porque os clientes da GAS podem se manifestar”, disse.

Deputados temem por segurança

O ápice da tensão da audiência foi quando o deputado Caio Vianna (PSD-RJ) revelou que ele e sua equipe de assessores estavam sendo assediados pelos convidados do depoente na Câmara dos Deputados. Por isso, pediu que a comissão solicitasse à Polícia Federal a sua escolta para o retorno ao Rio de Janeiro.

Publicidade

“O ataque orquestrado não está acontecendo apenas no âmbito virtual. Está havendo uma intimação nesse plenário comigo e com a minha assessora. Estamos sendo intimados por pessoas que acompanham o depoente, fazendo caras, gestos. É grave”, disse Vianna.

“Isso nunca aconteceu nesta CPI. Meus assessores estão em um estado que eu nunca vi, e olha que a gente já tratou de muitos criminosos aqui. Precisamos com urgência que essa CPI faça a averiguação de todos os presentes e garanta a nossa proteção”, acrescentou o deputado.

Os demais parlamentares presentes na audiência, Julio Lopes, Alfredo Gaspar, bem como presidente da CPI Aureo Ribeiro e o relator Ricardo Silva, concordaram com a denúncia de Vianna.

O depoimento do consultor da GAS Consultoria pode ser assistido no vídeo abaixo:

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop
Craig Wright posa para foto

Craig Wright mentiu “extensiva e repetidamente” sobre ser o criador do Bitcoin, diz juiz

“As tentativas do Dr. Wright de provar que ele era/é Satoshi Nakamoto representam um abuso muito sério do processo deste tribunal”, disse o juiz
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump agora aceita doações em Bitcoin e cumpre promessa com relação às criptomoedas

Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Solana, Shuba Inu e XRP estão entre criptomoedas aceitas pela candidato Donald Trump 
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo