Imagem da matéria: Day trader brasileiro desaparece com dinheiro de clientes e apaga redes sociais
Trader Vinicius Ibraim apagou as redes sociais (Foto: Arquivo Pessoal)

Com mais de 200 mil seguidores no Instagram, vendendo cursos presenciais a R$ 5 mil e operando na Bolsa de Valores ao vivo, o trader Vinícius Ibraim desapareceu após ter tido perdas, segundo clientes, de até R$ 30 milhões. Pelo menos 300 pessoas podem ter sido lesadas.

Vinícius dizia ser um trader com 20 anos de experiência, o que não foi possível comprovar. Além disso, também prometia aos clientes uma rentabilidade fixa de 2% por mês em um falso fundo de investimentos que levava seu nome. O produto, porém, não só não era registrado na Comissão do Valores Mobiliários como também não tinha nem um CNPJ.

Publicidade

“Conheci o Vinicius pelas redes sociais”, disse uma vítima que não quis ser identificada. “Apliquei R$ 2 mil na Vinicius Ibraim Investimentos. Quando vi os resultados positivos, investi mais R$ 13 mil no mês seguinte”.

Um dos promotores do trader era Jeferson Russef, descrito pelos clientes como “sócio” e “braço direito” de Vinícius. Ele afirmou ao Portal do Bitcoin que só fazia a divulgação e o marketing da empresa:

“Referente a valores perdidos e valores do fundo de investimento eu não tenho nada a declarar. Isso é tudo com o Vinícius e com a empresa dele. Os contratos eram todos com ele, transferências era direto na conta dele. Eu não fazia nada além do marketing digital”.

Trader “roubou a gente”

“A impressão que eu tenho é que ele roubou a gente mesmo”, disse um cliente de São Paulo que investiu R$ 45 mil.

Publicidade

Ele acredita que a plataforma é apenas fictícia: “É uma plataforma que ele mesmo montou. Na semana passada o cara desapareceu, não deu justificativa nenhuma”.

Ibraim operava ao vivo com a plataforma Profitchart e vendia via Hotmart a possibilidade dos alunos assistirem suas operações pelo Zoom. Um aluno também de São Paulo, que pediu anonimato, desembolsou R$ 2 mil para poder acompanhá-lo pela internet.

O paulistano, que trabalha em uma empresa de tecnologia e opera desde o ano passado, disse que acompanhou Vinicius por duas semanas e que não o viu perder nenhuma vez.

Ele investiu R$ 10 mil em um suposto fundo propagandeado. Conforme documentos enviados pela vítima, o investimento era feito por depósito diretamente em uma conta no Banco Original do trader.

Publicidade

O ex-aluno lembra que o day trader rodava o Brasil dando cursos presenciais que podiam custar até R$ 5 mil e que ele sabia operar no mercado.

“Eu uso a mesma plataforma de trade que ele. Não tinha como ele estar operando na conta demo”, disse.

Trade errado?

Há diversos rumores sobre o problema, mas ainda não foi possível saber o que de fato aconteceu. Alguns clientes dizem que Vinicius estava operando ao vivo na semana passada quando começou a perder.

Uma das vítimas disse que estava operando na sala de operações no mesmo dia:

“Quando eu saí da sala, ele estava em R$ 40 mil negativo numa conta que ele tinha cerca de R$ 1,2 milhão”, disse.

É possível também que Vinicius tivesse robôs que replicassem as operações que fazia, o que pode ter feito ele perder tudo do fundo. Contudo a informação não pôde ser confirmada.

Por outro lado, também é possível que ele tenha dado um chamado exit scam — inventado uma desculpa para levar o dinheiro dos clientes, uma vez que é impossível manter ganhos fixos de 2% ao mês que ele prometia no suposto fundo.

Publicidade

A reportagem tentou falar com o trader, mas não foi possível encontrá-lo visto que ele apagou todos os canais de contato.

VOCÊ PODE GOSTAR
Rafael Rodrigo , dono da, One Club, dando palestra

Clientes acusam empresa que operava opções binárias na Quotex de dar calote milionário; dono nega

Processos judiciais tentam bloquear R$ 700 mil ligados à One Club, empresa de Rafael Rodrigo
Imagem da matéria: Bitcoin ganha estátua no Brasil com Satoshi domando touro, símbolo de otimismo do mercado

Bitcoin ganha estátua no Brasil com Satoshi domando touro, símbolo de otimismo do mercado

O MB inaugurou uma estátua que simboliza a relevância do mercado cripto em 2024, marcado pela adoção institucional e o recorde de preço do BTC
Logotipo do token CorgiAI

Mercado Bitcoin lista token CorgiAI

O ativo é ligado a projeto que usa utiliza inteligência artificial para criar uma comunidade de entusiastas no ecossistema cripto
Imagem da matéria: Brasileiro perde R$ 100 mil ao acreditar que ganharia lucro de 87% em duas horas com criptomoedas 

Brasileiro perde R$ 100 mil ao acreditar que ganharia lucro de 87% em duas horas com criptomoedas 

O golpe envolve várias empresas de fachada e foi divulgado por uma falsa influenciadora digital de finanças