Imagem da matéria: CVM lança aplicativo que permite investigar empresas de investimentos
Foto: Shutterstock

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou nesta segunda-feira (05) o aplicativo “CVM Digital”, pelo qual o investidor pode consultar se determinada empresa possui autorização do órgão para funcionar no mercado de capitais , além também de trazer informações sobre auditores  e agentes autônomos.

O aplicativo pode ser baixado pelo Google Play e, como está em fase de testes, não está com todos os serviços disponíveis. Já é possível, por exemplo, para acessar as informações das empresas desde que o usuário saiba o CNPJ dela e de que tipo de participante no mercado ela é.

Publicidade

As opções são as mais diversas. O sistema da CVM tem informações sobre bancos comerciais, de investimentos, companhias abertas, custodiantes de valores mobiliários; além de administradores de fundos dos mais diversos segmentos incluindo o FII (Fundo de Investimento Imobiliário).

O aplicativo também traz a opção para pesquisar sobre os agentes autônomos que atuam no mercado e consultores de valores mobiliários. Para tanto basta o usuário informar o CPF da pessoa a ser pesquisada.

CVM Digital em construção

Segundo a CVM, há mais recursos a serem implementados no aplicativo tais como o serviço de abertura e acompanhamento de chamados no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) bem como acesso ao SEI para visualização de processos públicos e notificação de andamento de processo.

A autarquia ainda deve também implementar consulta a informes de Fundos de Investimento, contendo atas de assembleias e até regulamentos.

Publicidade

Segundo o órgão, em seu comunicado, em breve haverá no aplicativo um sistema de notificação sobre cursos e eventos realizados pela CVM.

O CVM Digital foi desenvolvido em parceria entre as Superintendências de Tecnologia da Informação (STI) e de Proteção e Orientação aos Investidores (SOI) da CVM. De acordo com José Alexandre Vasco, superintendente da SOI, o aplicativo é um grande passo para a autarquia, que vai integrar diversas informações.

“É um canal para um atendimento mais próximo e conectado. Chegamos a 3 milhões de investidores ativos na Bolsa de Valores e a expectativa é de chegar a 5,5 milhões. Esse público poderá usar esse aplicativo que, em breve, será um dos principais canais de consulta rápida e eficiente do mercado”, afirmou Vasco em um comunicado.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Justiça nega pedido de liberdade para PM acusado de vender armas ao "Faraó do Bitcoin"

Justiça nega pedido de liberdade para PM acusado de vender armas ao “Faraó do Bitcoin”

Réu é acusado de ser responsável pela segurança do criador da GAS Consultoria e vender armas para a organização criminosa
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024